Artigos

Nuvem Híbrida Versus Multicloud: Qual o melhor modelo para sua empresa?

A computação em nuvem já atingiu o seu ponto de inflexão e proporciona vários benefícios para o ambiente empresarial. Contudo, como o universo da tecnologia da informação não para de evoluir, novos termos e tendências surgem a todo momento. Isso, às vezes, pode causar certa confusão, como ocorre no caso da Nuvem Híbrida e da Multicloud. Cada vez mais dependentes de estratégias de tecnologia da informação flexíveis, as empresas estão migrando aos poucos para um modelo de TI híbrida, que possa tirar proveito de toda a eficiência e eficácia da nuvem. No entanto, embora essa estratégia traga inúmeros benefícios, ela pode aumentar consideravelmente a demanda operacional. Neste artigo será possível entender a diferença entre Nuvem Híbrida e Multicloud. Assim, o leitor terá mais informações para decidir qual delas pode ser mais vantajosa para as necessidades do seu negócio.

O que é uma Nuvem Híbrida?

A nuvem híbrida é um dos modelos utilizados de computação em nuvem nas empresas de maior porte. Ela combina, em um único ambiente, a nuvem privada (uma cloud particular totalmente gerenciada pela própria empresa) e a nuvem pública (disponibilizada por grandes provedores para entregar, em uma mesma infraestrutura), permitindo a integração entre os recursos de tecnologia da informação.

Dessa maneira, a empresa é capaz de movimentar, de maneira automática e com segurança, dados sigilosos da sua rede privada para a pública e vice-versa.

O que é a Multicloud?

A Multicloud ou multinuvem é uma das novidades do cloud computing que traz benefícios adicionais. Trata-se de um ambiente formado por diversas nuvens públicas sendo que cada uma delas vem de um fornecedor diferente.

A ideia desse modelo é aproveitar o que cada fornecedor tem de melhor para expandir o potencial da computação em nuvem. Assim, embora ainda seja uma novidade do mercado, a estratégia Multicloud é uma das mais fortes tendências de tecnologia da informação no momento.

Quais são as vantagens da Nuvem Híbrida?

Na nuvem híbrida, alguns recursos de tecnologia da informação são entregues como serviço em uma nuvem privada interna, enquanto outros são fornecidos por provedores de serviços na nuvem pública.

Se, por um lado, essa última se destaca pelos preços atrativos e pela escalabilidade (o que permite à empresa atender de maneira satisfatória às demandas sazonais), a nuvem privada oferece maior privacidade dos dados e desempenho de acesso local.

Esse modelo se destaca por possibilitar o compliance que as empresas de grande porte buscam, combinando o que o gestor de tecnologia da informação faz dentro da empresa com as possibilidades trazidas por provedores externos. Assim, a nuvem híbrida permite utilizar os dois tipos de nuvem para finalidades distintas, combinando-as em um único ambiente. Além desse fator, também se destacam como benefícios da nuvem híbrida:

  • Maior flexibilidade em comparação ao uso separado das nuvens pública e privada;
  • Otimização dos processos existentes;
  • Iniciação de projetos com maior rapidez;
  • Reações mais rápidas às mudanças do mercado.

Quais os benefícios da Multicloud?

A Multicloud não diz respeito apenas ao uso de diversos serviços em nuvem: ela combina tecnologia, pessoas e a proximidade do negócio com o cliente. Quando optam pela nuvem, as empresas procuram por maneiras inovadoras de alavancar seu negócio. Como diferentes nuvens podem ser mais adequadas para diferentes necessidades, é aí que a estratégia multicloud brilha, pois permite às empresas combinar nuvens variadas para tirar proveito de características diferentes.

Confira a seguir 03 das principais vantagens da abordagem multicloud:

  • Flexibilidade de Recursos

A partir do momento em que o seu negócio utiliza os diversos recursos oferecidos pelos provedores, é possível criar aplicações que utilizem APIs entre as nuvens e, assim, gerem soluções totalmente customizadas para as suas necessidades. Além de diferenciar o seu negócio no mercado, essa flexibilidade também pode promover uma considerável economia de recursos financeiros.

  • Computação como Serviço

Com a Multicloud, é possível transformar a tecnologia da informação numa espécie de “service broker”, especialmente quando aliada a uma estratégia de automação da nuvem. Os fornecedores costumam dar todo o suporte necessário para otimizar o consumo e os recursos. Ao atuar com diversos modelos de nuvem otimizados para o seu negócio, você garante sempre a melhor performance.

  • Sistemas Resilientes

Sempre haverá o risco de falha sistêmica em determinado fornecedor de nuvem, logo, é fundamental escolher o cenário de continuidade de negócios mais adequado às suas necessidades, levando em conta itens como redundância e tempo de recuperação do sistema. Caso a alta disponibilidade seja algo imprescindível para o negócio da empresa, a utilização de diversos provedores em nuvem deverá ser seriamente considerada.

Qual o melhor modelo: Híbrido ou Multcloud?

Com a tecnologia dos negócios evoluindo de uma tecnologia da informação tradicional para uma tecnologia da informação estratégica, é muito importante analisar com cuidado as necessidades da companhia antes de optar por qualquer modelo.

Na Nuvem Híbrida, além de uma boa conexão com a internet, você precisa ter uma equipe de profissionais competente para integrar todos esses ambientes complexos e também para manter os equipamentos e softwares instalados localmente. De maneira geral, a Nuvem Híbrida é uma ótima opção para grandes  empresas, ao passo que a Multicloud é mais indicado para as demais companhias que queiram levar os seus negócios a um novo patamar.

O mais importante, no final das contas, é encontrar o modelo de uso da nuvem que melhor atende às necessidades do modelo de negócio de cada empresa.

*Lenildo Morais é mestre em Ciência da Computação pelo Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco e pesquisador do Laboratório de Tecnologias de Investigação ASSERT – Sistema Avançado e Engenharia de Software. Experiência em Engenharia de Software, atuando nos seguintes temas de pesquisa: Qualidade de Software, Metodologias e Processos de Desenvolvimento de Software, Engenharia de Requisitos, Teste de Software e Gerenciamento de Projetos de Software.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório