book_icon

Randon Implementos realiza reduções de custo e aumento de margem com tecnologia SIEMENS

Randon Implementos realiza reduções de custo e aumento de margem com tecnologia SIEMENS
• Logo nos primeiros trabalhos, empresa identificou ganhos de competitividade de até 15% nos tempos de produção, além da otimização de layout;
• Utilização do software Teamcenter Product Cost Management (Tc-PCM) tornou o processo de análise de valor muito mais veloz, preciso, transparente e eficiente;
• Solução Tecnomatix Plant Simulation da Siemens forneceu subsídios para a otimização de projetos além de economias de investimento da ordem de 40%;
A Randon S.A. Implementos e Participações (Randon Implementos), maior fabricante de reboques e semirreboques da América Latina e entre os maiores do mundo, adotou o Teamcenter Product Cost Management (Tc-PCM), solução de gerenciamento de custos e lucratividade de produto da Siemens PLM Software, acelerando decisões com foco em redução de custo e em aumento de competitividade. “A utilização do software tornou o processo de análise de valor muito mais veloz, preciso, transparente e eficiente, de forma que para subsistemas menores, foi possível realizar um Kaizen de Análise de Valor (metodologia que permite baixar os custos e melhorar a produtividade) para convergir, no âmbito conceitual, as melhorias de produto e de processo para o panorama mais competitivo em cinco dias de trabalho. Já nos primeiros trabalhos foram identificadas oportunidades em algumas linhas de produtos equivalentes a uma redução entre 5 e 15% nos tempos de produção e de 30% na otimização do layout, transformados em aumento de capacidade produtiva e maior competitividade. Desta forma, o retorno sobre o investimento realizado no software foi viabilizado. Nos estudos subsequentes já foram identificados ganhos ainda maiores, que ainda estão em processo de planejamento”, conta Sandro Trentin, diretor de Tecnologia e Inovação da Randon Implementos.
Segundo ele, antes das soluções Siemens, os cálculos de custos eram realizados em planilhas Excel, sem padronização e de forma desconectada, com cada área trabalhando em sua própria planilha. O processo tinha grande dependência da área de custos e era muito sensível a oscilações nos parâmetros de custo, um cálculo praticamente deveria ser reiniciado a cada virada de mês, ou após algum questionamento ou consideração de diferentes cenários, resultando em um processo moroso e de baixa eficiência. Além disso, existiam dificuldades em avaliar múltiplos fatores para cálculos de retorno de investimento após um tempo.
Em janeiro de 2017 a Randon iniciou um trabalho de desenvolvimento em engenharia e análise de valor, amparada por uma consultoria internacional que apresentou o software PCM da Siemens como ferramenta mandatória para evolução desses processos. O software foi adquirido em junho do mesmo ano para melhorar o entendimento dos custos, aumentar a maturidade das discussões em torno dos custos dos produtos, dos processos produtivos e suportar as decisões sobre as iniciativas de redução de custo.
“A decisão pela escolha dos softwares da Siemens foi facilitada devido à ferramenta estar endossada pela consultoria e pelos trabalhos de engenharia e análise de valor. Avaliamos algumas ferramentas de outros fabricantes de software, porém, não foi encontrada nenhuma com a abrangência e a robustez do Teamcenter Product Cost Management (Tc-PCM). O bom desempenho dos primeiros estudos e o rápido atendimento da Siemens, com um especialista da ferramenta, que entende também do negócio automotivo, foram fundamentais para a escolha da solução” conta Trentin.
O executivo explica que, por exigir certa maturidade em relação a drivers de custo e muitas vezes o conhecimento especializado de alguns processos, a adoção da ferramenta está evoluindo de forma compassada. “Os trabalhos de engenharia e análise de valor estão sendo conduzidos de forma mais cadenciada. Inicialmente o PCM já nos entregou um maior conhecimento sobre a conformidade dos custos de itens comprados, facilitando a negociação com alguns fornecedores, provocando o desenvolvendo técnico e a consciência de custos na equipe. Decisões sobre compra de equipamento para melhorias de processo também contaram com grande contribuição do software que atua diretamente na simulação de cenários e em estimativas de custos”, pontua Trentin.
Tecnomatix Plant Simulation
Em um cenário de elevada competitividade e retração de mercado, a Randon precisava de uma ferramenta que possibilitasse uma visão sistêmica de seus processos e fluxos. O portfólio da empresa é altamente diversificado, o que resulta em elevada variabilidade no ambiente produtivo. Nesse contexto, a simulação é uma poderosa ferramenta para a análise dinâmica das variáveis de processo. Para atender a essa necessidade, a Randon passou a utilizar o Plant Simulation em 2018, buscando uma visão holística de seus sistemas de produção e, consequentemente, maior assertividade no planejamento de capacidade produtiva e nas decisões de investimento.

“A solução Tecnomatix Plant Simulation da Siemens está plenamente alinhada com a estratégia da empresa de aplicação dos conceitos da Indústria 4.0. Os resultados obtidos forneceram subsídios para a otimização dos projetos, além de economias de investimento da ordem de 40%”, relata Trentin.

Segundo Trentin, os primeiros projetos implementados foram utilizados para auxiliar a tomada de decisão de investimentos. Os modelos permitiram a identificação de gargalos e a avaliação de diferentes cenários de investimento. Os modelos de simulação também foram utilizados no balanceamento de linhas e na otimização do sequenciamento de mix produtivo, reduzindo tempo de aprovisionamento e aumentando a eficiência produtiva.

A Randon S.A. Implementos e Participações (Randon Implementos) é a maior fabricante de reboques e semirreboques da América Latina e está entre os maiores do mundo. Desde 1949 a Randon fabrica diferentes tipos de equipamentos entre semirreboques, reboques e carrocerias, nas modalidades graneleiro, carga seca, tanque, basculante, silo, frigorífico, canavieiro, florestal, sider e furgão. Também atua no segmento ferroviário desde 2004 fabricando vagões do tipo hopper, gôndola, tanque, carga geral, sider e plataforma, entre outros. Além da sede, em Caxias do Sul (RS), a empresa tem unidades industriais em Chapecó (SC), na cidade de Rosário, Província de Santa Fé, na Argentina, com um sistema de complementação de linhas de produção com total sinergia entre todas as unidades, de modo a atender todos os mercados. Em 2017, em parceria com a Epysa, iniciou projeto de uma unidade no Peru. E em março deste ano (2018), inaugurou uma planta em Araraquara (SP).

Siemens PLM Software, uma unidade de negócios da Siemens Digital Factory Division, é uma das principais fornecedoras mundiais de soluções de software para impulsionar a transformação digital da indústria, criando novas oportunidades para que os fabricantes percebam a inovação. Com sede em Plano, Texas, e mais de 140.000 clientes em todo o mundo, a Siemens PLM Software trabalha com empresas de todos os tamanhos para transformar a forma como as ideias ganham vida, a forma como os produtos são realizados e a forma como os produtos e os ativos em operação são usados e compreendidos. Para obter mais informações sobre os produtos e serviços da Siemens PLM Software, visite www.siemens.com/plm.

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento