Tecnologia

Intel e NFL levam True View a novos estádios do Super Bowl

A Intel, juntamente com a National Football League (NFL), anunciou a chegada do True View, tecnologia imersiva criada pela companhia, ao Estádio Nissan, em Nashville (Tennessee), e ao Estádio Mercedes-Benz, em Atlanta (Geórgia), palco do Super Bowl LIII. Com essas duas novas implantações, agora 13 estádios oferecem aos fãs de todo o mundo a oportunidade de rever os melhores lances de forma imersiva e em 3D com visão 360 graus.

Experiências imersivas e 3D serão novidades no maior evento de futebol americano do mundo

“Com a chegada do Intel True View a um número cada vez maior de estádios, é possível acompanhar de perto as jogadas no palco do maior evento de futebol americano. Com esta tecnologia, estamos redefinindo a maneira como os torcedores acompanham seus times. O True View mostra perspectivas e percepções únicas a todos eles, seja um expectador ocasional ou um fanático”, afirma James Carwana, vice-presidente e gerente geral da Intel Sports.

Com o replay imersivo das jogadas, os torcedores podem assistir aos lances de todos os ângulos, até mesmo a partir da visão do atleta – sem que o jogador tenha de ter uma câmera instalada em seu capacete. A nova tecnologia disponibiliza a melhor forma de reviver os momentos mais emocionantes das partidas da NFL, incluindo rever cada jogada e saber o que aconteceu exatamente a partir de diferentes ângulos, estudar jogadas e técnicas a partir do melhor ponto de vista ou analisar estratégias e táticas do jogo com inclusão de comentários e gráficos para maior compreensão e aproveitamento do jogo.

Para a temporada 2018 da NFL, 13 estádios da liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos, entre times da AFC e da NFC equipados com dezenas de câmeras 5K UHD, irão capturar todas as jogadas. Em seguida, servidores com tecnologia Intel irão processar até 1 terabyte de dados para apresentações volumétricas (incluindo altura, largura e profundidade) para cada clipe com duração de 15 a 30 segundos. Por meio de voxels (representação de pixels no espaço tridimensional), a tecnologia consegue oferecer replays dinâmicos sob várias perspectivas e em 3D, fazendo a reconstrução em 360 graus das melhores jogadas para serem vistas de qualquer ângulo.

A partir desta semana, todo conteúdo poderá ser acessado via NFL.com/trueview, no aplicativo móvel da NFL, no canal da NFL no YouTube e em outros canais de conteúdo digitais e móveis da NFL e dos times participantes. Os torcedores também poderão acompanhar toda a ação de perto nos seguintes estádios:

Arizona Cardinals: Estádio da Universidade de Phoenix em Glendale, Arizona;

Atlanta Falcons: Estádio Mercedes-Benz em Atlanta (palco do Super Bowl LIII, a partir de outubro), Geórgia;

Baltimore Ravens: Estádio M&T Bank em Baltimore, Maryland;

Carolina Panthers: Estádio Bank of America em Charlotte, North Carolina;

Cleveland Browns: Estádio FirstEnergy em Cleveland, Ohio;

Houston Texans: Estádio NRG em Houston, Texas;

Indianapolis Colts: Estádio Lucas Oil em Indianapolis, Indiana;

Kansas City Chiefs: Estádio Arrowhead em Kansas City, Missouri;

Minnesota Vikings: Estádio S. Bank em Minneapolis, Minnesota;

New England Patriots: Estádio Gillette em Foxborough, Massachusetts;

San Francisco 49ers: Estádio Levi’s em Santa Clara, Califórnia;

Tennessee Titans: Estádio Nissan em Nashville, Tennessee;

Washington Redskins: FedExField em Landover, Maryland.

A Intel, por meio de parcerias com marcas líderes no esporte como a NFL, está incentivando a próxima onda de tecnologias relevantes que irão transformar as experiências esportivas da próxima geração de torcedores. Para mais informações sobre a parceria entre a Intel e a NFL, acesse a nossa página True View.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.