Mercado

Citrix prioriza jornada para a nuvem em acordos com gigantes da área

Recentemente, companhia fechou acordo com Microsoft e tem intenção de fechar com outras concorrentes

nuvem híbridaNa Citrix, a prioridade estratégia é a jornada para nuvem. A companhia acaba de firmar parceria com a Microsoft para fornecer a solução Citrix SD-WAN como plataforma de acesso para o novo serviço de Virtual WAN da Azure, anunciado recentemente pela Microsoft.

A Citrix tem o objetivo de crescer 20% em faturamento neste ano e, para isso, pretende ampliar a presença em verticais de mercado como saúde, finanças, governo

Segundo Rafael Garzon, VP de parcerias das Américas, o próximo player que a empresa fechará acordo é o Google. “É um interesse mútuo. A Citrix ajuda o Google em contas Enterprise e nos beneficiamos das contas middle deles”.

A parceria com a AWS, segundo Garzon, não está descartada, embora não haja nenhuma negociação em curso. A Citrix tem o objetivo de crescer 20% em faturamento neste ano e, para isso, pretende ampliar a presença em verticais de mercado como saúde, finanças, governo. “A meta é ter, em 2020, metade das transações feitas em ambiente cloud”, afirma.

A solução conjunta Citrix SD-WAN com Microsoft Azure Virtual WAN pode ser implementada como um serviço completo de SD-WAN que simplifica e funciona melhor em conjunto. Ela pode ser operada como serviço SD-WAN “faça você mesmo” ou por meio de gerenciamento de serviço de nuvem com automação integrada que simplifica as pequenas redes de ponto de venda (POS) para implementações de rede de escritório em grande escala.

Além da Microsoft, a empresa tem uma parceria forte com a Cisco focada em hiperconvergência e mira na expansão de portfólio de security analytics. No caso da Microsoft, a companhia pretende incentivar a geração de oportunidades para os seus mais de 2 mil parceiros na região das Américas. “Nesse universo pode ser possível incorporar parceiros da Microsoft também””, pontua o executivo.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.