Mercado

Blockbit investe em nuvem pública

Depois de dobrar de tamanho e conquistar uma boa capilaridade no Brasil, a BLOCKBIT passa a incrementar a oferta para o seu canal com parceria com as gigantes de cloud

Segundo projetou a IDC, a demanda por nuvem pública vai alcançar US$ 1,7 bilhão no Brasil em 2018 e dobrará até 2020. A contratação de infraestrutura, aplicações e serviços nesse ambiente exige uma segurança muito mais estratégica. Para ter a sua oferta em nuvem pública, a Blockbit anuncia que fará parcerias com as gigantes de cloud. A empresa já está homologada a vender suas soluções no marketplace da Amazon Web Services (AWS) e, até o fim de 2018, no Microsoft Azure.

“Estamos atentos a uma demanda crescente e queremos ter essa adaptação disponível para o cliente”, Eduardo Bouças

Segundo Eduardo Bouças, CEO da Blockbit, o modelo chega para complementar a oferta e não abrir novas frentes. “Estamos atentos a uma demanda crescente e queremos ter essa adaptação disponível para o cliente”, explicou o executivo durante a 3ª edição do BLOCKBIT DAY. O evento reuniu cerca de 250 lideranças do setor de Tecnologia e Segurança da Informação para compartilhar as boas práticas e discutir os desafios e tendências para o mercado de cibersegurança brasileiro.

Para 2018, Bouças projeta um crescimento de 50% e destaca que, até julho deste ano, na comparação com o ano passado, a empresa já cresceu 61%. O otimismo da empresa tem motivos concretos. A Blockbit registrou crescimento recorde de 97% no faturamento no ano passado, se destacando em cenário nacional, onde concorre com fabricantes internacionais. “No nosso caso o câmbio facilitou porque o nosso preço ficou imbatível”, afirma Bouças.

No último ano, a Blockbit fechou novos negócios com clientes das áreas de Varejo e Telecom, além de alianças estratégicas com operadoras e provedores de internet. Negócios com órgãos do governo também aumentaram, especialmente a partir da conquista de diversas Atas de Registro de Preço, concorrências públicas de preço e qualidade de serviços. Todas essas iniciativas alavancaram o plano de expansão territorial da empresa, especialmente nas regiões Centro-Oeste, Nordeste e Sul.

P&D a favor da Inovação

Engajada em criar uma experiência de excelência para clientes, a Blockbit vem ampliando investimentos em desenvolvimento e inovação de produtos e reserva 20% do faturamento para a área. A empresa estabeleceu ciclos alternados para a inovação de produtos e otimização da experiência do usuário, o que vem gerando resultados positivos na base de clientes que utilizam os produtos da linha mais recente.

Desde sua origem, a Blockbit aposta numa abordagem mais abrangente de segurança. Seu portfólio oferece soluções que previnem ataques, detectam ameaças, respondem a incidentes e preveem falhas, todas alinhadas com as últimas tendências globais do mercado de cibersegurança e frequentemente atualizados com feeds de inteligência de cibersegurança produzidos pelo BLOCKBIT Labs.

Programa de Canais

Em 2018, a Blockbit continua reforçando a estratégia de fortalecer a rede de canais, por meio de parceiros qualificados – um dos grandes trunfos para a empresa, que ajuda a consolidar a marca dando mais capilaridade à oferta de produtos.

O Programa de Canais é reavaliado anualmente, focando na qualidade dos negócios e aprimorando a força de vendas. Hoje mais de 150 revendas em todo Brasil são parceiras da empresa.

O Programa de Canais da Blockbit foi construído para facilitar a integração tecnológica, o desenvolvimento de estratégias focadas no crescimento do negócio, promover a satisfação do cliente e aumentar a capilaridade da empresa. Como vantagem às revendas, o programa oferece relacionamento direto com o fabricante e oferece gestão flexível para investimentos, faturamento e crédito.

Outra iniciativa que fortalece o relacionamento com os canais é a plataforma de e-learning, BLOCKBIT University, que a fabricante vem expandindo desde final de 2017. A plataforma catalisa a expansão da empresa, descentralizando a capacitação de canais parceiros, estreitando o relacionamento, além de reduzir custos operacionais.

Hoje, a plataforma oferece mais de 70 aulas, 14 horas de treinamento em 8 trilhas do conhecimento, principalmente focados na gestão de tecnologias para segurança de redes e gestão de vulnerabilidades e conformidades. Além de capacitar e certificar os parceiros na oferta de tecnologia da empresa, a plataforma também explora os principais temas de cibersegurança, atualizando os parceiros.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório