book_icon

Fundação Dorina Nowill para Cegos está entre as primeiras instituições a conquistar o Selo de Acessibilidade Digital

Certificação reforça seriedade, comprometimento e qualidade dos serviços oferecidos pela Fundação há mais de 70 anos.

A Fundação Dorina Nowill para Cegos acaba de conquistar o Selo de Acessibilidade Digital, concedido pela Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e pela Comissão Permanente de Acessibilidade (CPA) da Prefeitura de São Paulo. A entidade está entre as seis primeiras instituições e empresas a ter seus sites reconhecidos oficialmente pela CPA como acessíveis. Vale lembrar que, de acordo com as últimas estatísticas oficiais, o Brasil conta com 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual e menos que 6% dos sites brasileiros são acessíveis. A missão de conferir – e manter – a acessibilidade do site da Fundação está sob a responsabilidade da equipe da divisão Soluções de Acessibilidade que, além de atender essa demanda interna, também avalia e desenvolve sites acessíveis para clientes externos seguindo as normas e requisitos da W3C.

“A conquista desse Selo é muito importante pois reforça nosso compromisso com a acessibilidade dentro e fora de casa! Além da análise eletrônica sobre a correta padronização dos códigos, contamos com profissionais com deficiência visual para que seja feita a análise cognitiva dos portais, fundamental para avaliar a facilidade na interação, navegação e compreensão dos usuários com as funcionalidades existentes”, destaca Itamar Junior, diretor da divisão de Soluções em Acessibilidade da Fundação Dorina Nowill para Cegos. O executivo ressalta que “o Selo de Acessibilidade Digital é importante para todas as instituições públicas ou privadas comprometidas, de fato, com a inclusão e a acessibilidade dos seus sites ou portais”.

Para conquistar a certificação, os responsáveis pelas plataformas digitais devem requerer o Selo à Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, que, em conjunto com a Comissão Permanente de Acessibilidade, avalia as páginas submetidas segundo as normas estabelecidas na Portaria SMPED-GAB nº 08/2018. Ou seja, só são certificados os sites e portais que, de fato, seguem os critérios de acessibilidade estabelecidos nacional e internacionalmente, do eMAG – Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico e do WCAG – Web Content Accessibility Guidelines, respectivamente.

Vale destacar que, de acordo com a LBI – Lei Brasileira de Inclusão nº 13.146, de 6 de julho de 2015, todos os sites mantidos por empresas com sede ou representação comercial no País ou por órgãos de governo obrigatoriamente devem ser acessíveis, seguindo as melhores práticas e diretrizes de acessibilidade adotadas no Brasil e no exterior.

“Há mais de 70 anos, Dona Dorina começou sua luta em prol da acessibilidade. Naquela época, focada principalmente ao acesso à leitura com a disponibilidade de livros em braille. Desde então, a Fundação vem acompanhando a evolução da tecnologia e a ascensão de novos meios de comunicação, mantendo o intuito de promover a inclusão social da pessoa com deficiência visual. Esse Selo atesta que continuamos cumprindo com nossa missão. E, o mais importante, por meio da divisão de Soluções em Acessibilidade, colaboramos ativamente para que outras entidades e empresas também tornem seus canais acessíveis”, conclui Itamar Junior.

Sobre a Fundação Dorina Nowill para Cegos
Há mais de 70 anos, A Fundação Dorina Nowill para Cegos trabalha para que crianças, jovens, adultos e idosos cegos e com baixa visão sejam incluídos em diferentes cenários sociais. A instituição oferece serviços gratuitos e especializados de habilitação e reabilitação, dentre eles orientação e mobilidade e clínica de visão subnormal, além de programas de inclusão educacional e profissional. Responsável pela maior Imprensa Braile do Brasil e da América Latina, em capacidade de produção, a Fundação Dorina Nowill para Cegos é referência na produção e distribuição de materiais nos formatos acessíveis braile, áudio, impressão em fonte ampliada e digital acessível, incluindo o envio gratuito de livros para milhares de escolas, bibliotecas e organizações de todo o Brasil. A instituição também oferece uma gama de serviços em acessibilidade, como cursos, capacitações customizadas, sites acessíveis, audiodescrição e consultorias especializadas. Contando com o apoio fundamental de colaboradores, conselheiros, parceiros, patrocinadores e voluntários, em 2017, a Fundação Dorina Nowill para Cegos foi reconhecida pela revista Época e pelo Instituto Doar como uma das 100 Melhores ONGs para Doar no Brasil, confirmando a seriedade de um trabalho que atravessa décadas e busca conferir independência, autonomia e dignidade às pessoas com deficiência visual. Mais detalhes: www.fundacaodorina.org.br.

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento