book_icon

Em SP, Anima Mundi tem espaço que exibe filmes em VR

Produtora Broders apoia espaço 'Oi 360°', que exibirá curtas metragens em realidade virtual e 360°
Em SP, Anima Mundi tem espaço que exibe filmes em VR

Depois de reunir mais de 30 mil pessoas no Rio de Janeiro, entre os dias 21 e 29 de julho, o 26° Anima Mundi – maior festival de animação da América Latina – aporta em São Paulo, de 1° a 5 de agosto. Pela primeira vez na história, a edição contará com um espaço voltado à Realidade Virtual (VR, na sigla, em inglês). Intitulado ‘Oi 360°’, o ambiente será montado no Memorial da América Latina e exibirá curtas metragens em realidade virtual e 360°, alguns deles, interativos, permitindo a exploração destas novas plataformas.

Para Bruno Pedroza, diretor criativo da Broders, este é um marco para o segmento de realidade virtual no Brasil

A Broders -, produtora de conteúdo audiovisual voltada ao mercado digital – apoiará o espaço, disponibilizando sistemas completos para a exibição de filmes gravados em 360°, com OculusRift + touch (que permite a interação com o vídeo) e computadores de alto desempenho. Por meio destes equipamentos, serão exibidas algumas das principais produções recentes em VR, premiadas em diversos festivais ao redor do mundo.

Para Bruno Pedroza, diretor criativo da Broders, este é um marco para o segmento de realidade virtual no Brasil. “Estamos satisfeitos demais em apoiar este espaço, na primeira edição do Anima Mundi contendo a exibição de curtas de realidade virtual e em 360°. É uma iniciativa histórica do Festival, que contribuirá para impulsionar estas tecnologias e disseminá-las a um público cada vez maior”, comenta.

Ao todo, serão exibidos doze filmes produzidos por empresas pioneiras como as norte-americanas Google Spotlight, Penrose Studios, Fable Studios e BaobabStudios, além de estúdios tradicionais de animação, como o National FilmBoard of Canada e a britânica Aardman, todos com propostas muito estimulantes e inspiradoras para a imersão do espectador.

Os curtas-metragens tratam de temáticas diversas. Em um deles, intitulado “Back to the moon”, de Hélène Leroux e François-Xavier (FX) GOBY, o espectador viaja pelos primórdios do cinema, acompanhado de um ilusionista, uma rainha de copas e um malvado homem verde. Já em “Piggy”, de Jan Pinkava e Mark Oftedal, o visitante acompanha um simpático porquinho, que encontra um bolo delicioso em seu caminho. Neste, a interação é diferente: enquanto o participante estiver olhando, o porquinho resiste à tentação de abocanhar o bolo. No entanto, basta ele se distrair, para o porco aproveitar e comer o bolo inteirinho. Ambas as produções são assinadas pela Google Spotlight Stories.

SERVIÇO:

Espaço OI 360º

De: 1º a 5 de agosto, das 13h às 19h

Local: Memorial da América Latina

Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda

Anima Mundi

Broders

Cinema

curtas

VR

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.