Tecnologia

Bola Aérea: o problema do Brasil em Copas do Mundo

Levantamento mostra dados estratégicos sobre o desempenho do Brasil em Copas do mundo

O Instituto MAPA e o Mr. Predictions, empresas da área de Ciência de Dados e Análise Preditiva pertencentes ao Grupo Nexxera, realizaram um levantamento de dados e chegaram a conclusões sobre o desempenho do time brasileiro, que atualmente é uma das principais referências quando o assusto é Copa do Mundo.

Na estreia de 2018 contra a equipe da Suíça o time brasileiro tomou gol na primeira bola aérea

Segundo o instituto, o Brasil possui 5 títulos mundiais (maior da história), um percentual de vitória de quase 70% em jogos de Copas, em 50% das Copas chega nas semi-finais, possui o único jogador tricampeão (Pelé) e um único desportista tetracampeão (Zagalo).

No entanto, as bolas aéreas ainda representam fragilidade para o time brasileiro. Na estreia de 2018 contra a equipe da Suíça o time brasileiro tomou o seu primeiro gol exatamente na primeira bola aérea perigosa na área (bola parada – escanteio).

Da Copa de 1970 para cá a bola aérea tem sido fator decisivo nas eliminações brasileiras, em especial nas jogadas de bola parada:

– 2014: O primeiro gol da Alemanha resultou de uma bola aérea (bola parada – escanteio);

-2010: Os 2 gols da Holanda resultaram de bola alta na área, e o segundo veio de um tiro de canto (bola parada – escanteio);

– 2006: O gol da França veio de uma bola aérea (bola parada – falta);

– 2002: Brasil foi Campeão;

– 1998: Os 2 primeiros gols da França na final foram jogadas aéreas (bola parada – escanteio);

– 1994: Brasil foi Campeão;

– 1990: Na Copa da Itália a causa da eliminação não foi decorrente de bola aérea/bola parada;

– 1986: O Brasil foi eliminado na disputa de penalidades, mas a jogada do gol de empate de França foi uma bola aérea na área brasileira;

– 1982: No famoso jogo contra a Itália, o primeiro gol dos italianos foi uma bola aérea com gol de cabeça, e o terceiro gol da Itália veio de um tiro de canto (bola parada – escanteio). Ambos os gols de Paolo Rossi.

– 1978: A eliminação do Brasil ocorreu pelo saldo de gols.

-1974: Os 2 gols da Holanda vieram de cruzamentos na área, sendo que o segundo foi marcadamente uma jogada aérea.

– 1970: Brasil foi campeão.

Fora da Copa do Mundo, a equipe brasileira ostenta uma estatística embaraçosa, tendo levado um gol que teve origem em uma jogada aérea decorrente de um tiro de meta, quando perdeu a final olímpica contra a então URSS (1988). E ainda sobre finais olímpicas, quatro anos antes o Brasil perdeu a final para a França por 2X0, e o primeiro gol frances veio de uma jogada aérea. E não parou por ai, na final olímpica de 2012, o gol que selou a vitória do México sobre o Brasil também veio de uma jogada aérea (bola parada – falta).

Houve outros jogos em copas, nos quais a equipe brasileira sofreu com as jogadas aéreas, como, por exemplo, o jogo com a Holanda de 1994, no qual o Brasil levou 2 gols provenientes de bola aérea (um arremesso lateral e de um escanteio, sucessivamente). E a semi-final de 1998, na qual o Brasil venceu a Holanda nas penalidades após 1 X 1 no tempo normal e prorrogação. O gol da Holanda teve origem em uma jogada aérea.

O assunto merece uma atenção especial, principalmente considerando que nessa Copa do Mundo existem 21 equipes com estatura média maior do que a do Brasil (mesmo considerando a estatura média de 1,80 do time brasileiro).

O Mr.Predictions, em conjunto com o Instituto Mapa, tem usado técnicas inovadoras para realizar leituras qualitativas de grandes massas de dados, no processo conhecido como Data Science, com o objetivo de descobrir conhecimentos estratégicos, visando ao incremento de performance nas áreas do esporte, da política, do desenvolvimento científico e dos negócios.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.