Informe aqui

Nama é a única brasileira finalista de competição na Alemanha

A Nama, primeira startup brasileira a desenvolver um sistema próprio de Inteligência Artificial focado em linguagem natural, é uma das 50 finalistas da CODE_n CONTEST, competição que acontece durante o new.New Festival, evento tecnológico internacional focado nas oportunidades da transformação digital, que ocorrerá entre os dias 8 e 10 de outubro em Hanns-Martin-Schleyer-Halle, em Stuttgart, na Alemanha. Nesta data, os finalistas apresentarão as suas operações para um corpo de jurados.

A Nama terá um estande no festival e também poderá mostrar seus conceitos no palco do evento para o grande público. Um júri VIP irá selecionar os vencedores nas categorias “Melhor Modelo de Negócios”, “Melhor Inovação Tecnológica” e “Disruptor da Indústria”, além de um vencedor geral. Os Prêmios CODE_n CONTEST totalizam 30 mil euros. Cerca de 313 startups, de 42 nações, se candidataram nesta edição. Ao todo, 50 startups de 15 países, incluindo Brasil, África do Sul, EUA, Lituânia, Israel e Alemanha foram selecionadas como finalistas.

Rodrigo Scotti, CEO da Nama (foto), acredita que o reconhecimento seja fruto da inovação digital promovida pela tecnologia da empresa, que descomplica o relacionamento entre empresas e clientes. “Estamos trabalhando intensamente junto às empresas que atendemos para entender como podemos otimizar ainda mais a experiência de relacionamento com o consumidor, oferecendo agilidade e precisão por meio de conversas automatizadas. Ficamos satisfeitos que este trabalho está sendo reconhecido em uma escala mundial”, diz.

Recentemente, a Nama também foi a única startup brasileira selecionada pelo programa de empreendedorismo canadense Creative Destruction Lab e apresentou seu modelo de negócios no Machine Learning and Marketing For Intelligence, um dos eventos mais importantes do mundo para o setor.

O festival é apoiado pela GFT, referência em tecnologias exponenciais para a transformação digital e projetos ágeis. “Dado a relevância do new.New Festival e do CODE_n, é uma grande oportunidade para as startups poderem apresentar os seus trabalhos, os seus diferenciais, além de fazerem networking. E o Brasil, com a Nama, estará muito bem representado”, comentou Marco Santos, managing director Latam da GFT.

As startups finalistas pertencem a diversos setores, desde Beyond Reality e Inteligência de Máquina até a Confiança Criptográfica, temas que podem ser aplicados à indústria, setor móvel, saúde, educação e agricultura no futuro. Para Moritz Gräter, Managing Director do CODE_n, a qualidade das startups candidatas este ano foi tão alta que foram apenas os detalhes que fizeram a diferença final no ranking e na seleção das top 50. “Estou ansioso para receber as finalistas no início de outubro aqui em Stuttgart. Todas elas fazem jus ao nosso lema de ‘explorar o DNA da inovação digital’ e temos certeza de que o evento mais uma vez produzirá muitas colaborações e investimentos bem-sucedidos”, afirmou.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.