Tendências

São necessários marcos legais coerentes para o desenvolvimento da 5G na AL

Segundo o diretor da 5G Americas para América Latina e Caribe, Jose Otero, a chegada da tecnologia 5G será importante não apenas para benefícios aos cidadãos, mas também devido a um ecossistema que conecta diferentes objetos

O desenvolvimento da 5G estará relacionado com o avanço da conectividade, de objetos e diversos dispositivos que independem da intervenção humana. Para isto, é necessário que na América Latina exista um marco regulatório coerente que permita o correto desenvolvimento da indústria.

“É importante que esse marco tenha coerência para que possa beneficiar todos os setores”, Jose Otero

Esses foram os dois principais temas tratados por José Otero, Diretor da 5G Americas para América Latina e Caribe durante sua participação no encontro “Inclusão Digital para o Desenvolvimento nas Américas”, organizado pela Comissão Interamericana de Telecomunicações (CITEL) da OEA e pelo Ministério da Modernização da República da Argentina, realizado nesta segunda-feira (12) em Buenos Aires, Argentina.

No evento debateu-se sobre o futuro do ecossistema digital na América Latina, considerando as condições de exclusão existentes. Os executivos também discutiram as necessidades que a região possui em termos de infraestrutura e conectividade. Assim como sobre a importância de gerar um ambiente adequado que possibilite o desenvolvimento de novas tecnologias para melhorar as condições de vida dos cidadãos.

Segundo o diretor da 5G Americas para América Latina e Caribe, Jose Otero, há necessidade de um marco jurídico para o avanço. “Para que exista um desenvolvimento e fortalecimento da infraestrutura que permita aproveitar de maneira eficiente os avanços que propõem as novas tecnologias, necessitamos de um marco jurídico que garanta a certeza jurídica dos investimentos. Assim, é importante que esse marco tenha coerência para que possa beneficiar todos os setores”.

Outro ponto destacado por Otero foi a necessidade de que exista acessibilidade e disponibilidade de terminais para que os cidadãos possam acessar os benefícios da banda larga móvel. Segundo o executivo, é importante que existam dispositivos de acesso por preços razoáveis e que estejam disponíveis em todo o território, para que dessa maneira todos os habitantes possam aproveitar a cobertura dos serviços.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.