Canal de Distribuição

Commvault aposta em alianças para fomentar oportunidades para canal

Companhia fortalece acordo de cooperação com fabricantes como HPE, Huawei, Cisco e Infinidat vendas para alavancar os negócios

Para fortalecer a sua presença no mercado de hiperconvergência, a Commvault traçou algumas linhas estratégicas tendo o canal como o ponto de partida e grande foco de investimento. O objetivo é estreitar e fortalecer as suas alianças internacionais com HPE, Cisco, Huawei e – a mais recente – Infinidat. A ideia é ter uma ação de vendas conjunta e, para isso, a Commvault trabalha fortemente na catequização de seu canal de vendas para alavancar os negócios.

A companhia também trouxe Andy Vandeveld como o novo Vice-Presidente de Alianças Mundiais, com o objetivo de fortalecer ainda mais o programa Global de Parceiros e Alianças

Com 100% das vendas indiretas, a Commvault tem a sua solução atraente a clientes com um volume muito grande de dados e que precisam dos dados em ambientes on premisse e em nuvem. “As empresas estão em momento de avaliar o que se deve manter on premisse e o que deve migrar para cloud. Os parceiros ajudam no momento da migração”, pontua Mike Haugen, VP de Vendas Internacionais da Commvault.

A parceria com a Infinidat reforça a estratégia da empresa ao entregar proteção de dados de escala Petabyte para grandes empresas. Através desse acordo, a empresa amplia seu alcance dentro de um novo ecossistema de revendedores com uma das startups de armazenamento mais inovadoras do mercado.

A plataforma de dados Commvault Data Platform foi selecionada para integrar a nova solução HPE GreenLake Backup, da HPE. Pré-integrado aos servidores HPE, com tecnologia de rede e armazenamento, a plataforma cobre todo o ciclo de vida de um ambiente de backup. A Cisco também possui uma tecnologia complementar à da Commvault para a venda de projetos conjuntos de hiperconvergência.

“A Commvault está simplificando o seu modelo de negócios para incentivar o seu canal a fazer mais negócios”, explica Bruno Lobo, country manager da companhia no Brasil. Segundo o executivo, o canal deve se adaptar aos ambientes de multi tecnologia que os clientes possuem atualmente. “Por isso simplificamos. Começamos no ano passado com adaptações de preços para vendas de subscrição e on premisse”.

Além da tecnologia 5G, que deve potencializar a geração de dados e dobrar o volume de migração nas empresas, a companhia aposta que uma regulamentação do Banco Central para adoção de cloud em instituições financeiras pode fomentar negócios no setor. A resolução com as regras da política de cibersegurança no Brasil, que ainda deve passar pelo colegiado do Bacen e CMN (Conselho Monetário Nacional), deve ser publicada até o segundo semestre deste ano.

Com 94 canais em sua base de parceiros locais, a Commvault continuará direcionando esforços para o mercado brasileiro. Segundo Mike Haugen, a ideia é expandir presença na Colômbia e Peru.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.