book_icon

Mudança na Apple impacta mercado de aplicativos

Soluções white-label não serão mais permitidas na App Store, obrigando empresas a repensarem modelos de negócios
Mudança na Apple impacta mercado de aplicativos

Recentemente a Apple anunciou novas regras para a publicação de aplicativos em sua loja virtual. De acordo com a nova diretriz, os apps white-label não serão mais permitidos. Os produtos desenvolvidos nesse modelo têm uma base de código única, mas permitem uma série de customização, preservando o branding da organização que o contrata. Sendo assim, empresas que têm como modelo de negócio a venda de aplicativos para diferentes clientes não poderão mais programar uma solução para cada marca.

A Apple justificou a decisão como uma forma de melhorar a curadoria da sua loja de aplicativos

O mercado de aplicativos deve movimentar US$ 70 bilhões esse ano, de acordo com dados do Ministério da Ciência Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC). Para André Rodrigues, CEO da mobLee que desenvolve, entre outras soluções, aplicativos para eventos corporativos, a saída para os negócios baseados no fornecimento de produtos white-label são os chamados app container: “Essa modalidade consiste em um único aplicativo que abriga várias marcas, como o IFood – diferentes restaurantes compilados dentro de uma única solução”.

A Apple justificou a decisão como uma forma de melhorar a curadoria da sua loja de aplicativos, diminuindo o número de soluções disponíveis e aumentando a qualidade delas. A consequência natural da nova resolução será a diminuição do número de aplicativos no mercado. O usuário que antes baixava uma solução a cada evento que comparecia, por exemplo, agora terá na palma da mão um único aplicativo com encontros variados.

Reprogramação

Na prática, de acordo com André, a tendência é que todas as empresas que trabalhavam com white-label mudem o formato de entrega dos seus produtos, uma vez que não vale a pena desenvolver dois modelos para cada cliente – um para App Store e outro para o Google Play.

A mudança traz vantagens para os usuários uma vez que melhora a usabilidade dos aplicativos. Com a facilidade de não precisar baixar um app diferente toda vez que comparecer em um evento, por exemplo, o número de pessoas que utilizam este tipo de solução tende a aumentar.

Apple

mercado de aplicativos

mobLee

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.