Entrevistas

Bitcoin revolucionará o mercado financeiro tradicional

Segundo Rodrigo Batista, CEO do Mercado Bitcoin, a entrada da Bitcoin no mercado de contratos futuros é a chancela das instituições financeiras de um dos maiores mercados do mundo, os Estados Unidos

Seja por ter observado em um ano uma supervalorização ou por ter começado a ser negociada em importantes mercados, a moeda virtual Bitcoin está na crista da onda. Para o CEO do Mercado Bitcoin, Rodrigo Batista, toda essa movimentação mostra o aumento do interesse das pessoas por novas formas de investimento digital, o que vem se mostrando como uma revolução financeiro tradicional.

 “A alta valorização demonstra claramente o aumento do interesse das pessoas por ativos financeiros digitais que vem se mostrando como uma revolução financeiro tradicional”

“Tivemos grandes avanços com diversos países se posicionando em relação ao Bitcoin, sendo a principal delas o Japão ter regulado o ativo financeiro digital de uma maneira pró-inovação, fazendo com que o país se tornasse o maior mercado de bitcoins em maio, onde o bitcoin foi equiparado a moedas estrangeiras”, afirma.

Em relação à opinião de alguns especialistas que apontam uma possível bolha, Batista é enfático. “Como todos os investimentos, ele tem seus riscos, mas isso não o transforma numa bolha. Por ser tão diferente de tudo que já existe, seu valor não está aumentando por conta de especulação e sim porque o interesse pela moeda tem crescido vertiginosamente”. Leia a entrevista completa abaixo:

O que significa a entrada do Bitcoin no mercado de contratos futuros?

É a chancela das instituições financeiras de um dos maiores mercados do mundo, os Estados Unidos. Além de legitimidade, isso pode trazer investidores institucionais, o que fará a demanda por criptomoedas aumentar ainda mais.

Na sua opinião, a alta valorização tem efeito positivo ou negativo?

A alta valorização demonstra claramente o aumento do interesse das pessoas por ativos financeiros digitais que vem se mostrando como uma revolução financeiro tradicional.

Como avalia a trajetória de valorização da moeda?

Podemos atribuir a valorização do Bitcoin a três fatores: legais, técnicos e de mercado. No aspecto legal, tivemos grandes avanços com diversos países se posicionando em relação ao Bitcoin, sendo a principal delas o Japão ter regulado o ativo financeiro digital de uma maneira pró-inovação, fazendo com que o país se tornasse o maior mercado de bitcoins em maio, onde o bitcoin foi equiparado a moedas estrangeiras. A atitude dos orientais motivou a Austrália a indicar que regulará o ativo de forma semelhante. Obviamente que houveram proibições temporárias como a da China, mas o impacto delas não foi tão forte quanto das notícias positivas.

No âmbito técnico, tivemos nos últimos dois anos discussões técnicas acaloradas, especialmente no que se refere ao aumento da capacidade do processamento da rede, sendo que a maioria delas só foram resolvidas esse ano, tirando incertezas que rondavam o mercado de Bitcoin.

Em relação ao mercado, novidades como a que a CME listará ainda este ano futuros de Bitcoin e a listagem da CBOE com o mesmo produto deixam o ativo mais atrativo por clientes institucionais e passam a vê-lo de forma diferente aumentando sua valorização dada a criação de uma nova demanda.

Especialistas dizem que trata-se de uma bolha. Você concorda?

Entendo que a tecnologia do Bitcoin é única. Ele é um dinheiro digital, uma reserva de valor que não pode ser controlada por nenhum governo e que é finito (terá apenas 21 milhões de unidades, sendo que 17 milhões já estão disponíveis no mercado hoje). Como todos os investimentos, ele tem seus riscos, mas isso não o transforma numa bolha. Por ser tão diferente de tudo que já existe, seu valor não está aumentando por conta de especulação e sim porque o interesse pela moeda tem crescido vertiginosamente, o que faz a demanda, que já era alta, disparar. O Bitcoin é uma ideia incrível que tem sido cada vez mais valorizada e isso não deve mudar tão cedo.

Que futuro prevê para o mercado de moedas digitais?

O aumento expressivo no valor das criptomoedas tem estimulado cada vez mais empresas de diversos setores a aceitá-las como forma de pagamento, elevando o interesse do público pelo tema e fazendo a demanda crescer ainda mais.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.