Artigos

DevOps não funciona na minha empresa! A culpa (também) é sua…

Tenho escutado com frequência de gestores e analistas de TI a frase “DevOps não funciona na minha empresa”. Essa afirmação muitas vezes vem com justificativas, culpados ou com soluções rápidas e milagrosas. O fato é que DevOps envolve colaboração e, principalmente, o envolvimento de todos, pois em muitos casos estamos falando de uma mudança cultural enorme! Por isso, meu amigo e minha amiga de TI, se DevOps não funciona no seu trabalho você também é culpado…. “Não temos ferramentas para DevOps!”. “Ninguém nunca me falou nada!”. “A culpa é do meu chefe!”. Eu sei, é difícil compartilhar esse fracasso momentâneo, mas vamos analisar alguns tópicos…

Curto e rápido: “DevOps é o alinhamento de todos as ferramentas, responsabilidades e processos na área de TI entre as equipes de desenvolvimento (Dev) e as equipes de operações (Ops)”. Agora, vamos reconhecer que nós de TI adoramos dar um nome “novo” para coisas que já existem (dói em mim também acreditem!). A boa prática de colaboração e envolvimento entre Dev e Operações já é falado há muito tempo… Pois bem, vamos explorar um pouco os “motivos” citados acima que poderiam inviabilizar a implantação do DevOps, e algumas sugestões de como contorná-los.

Motivo: “Não temos ferramentas para DevOps!”

No final dos anos 90 e inicio de 2000 eu era desenvolvedor de software de um produto que hoje é bem conhecido, mas na época éramos uma empresa bem pequena. Precisávamos automatizar algumas tarefas que eram custosas na TI, como instalação de novas versões, reporte de erros e outros. Na época não tínhamos as ferramentas que tínhamos hoje nem a facilidade de desenvolver coisas novas. O que fizemos então? Alinhamos os objetivos comuns entre as áreas, desenvolvemos coisas novas/proprietárias e customizamos o que conseguimos. Resolveram-se todos os problemas? Não, mas melhorou muito a agilidade e qualidade das entregas. E o melhor: todos concordavam e sabiam como os processos aconteciam.

Motivo: “Ninguém nunca me falou nada!”

Essa é clássica e acontece em todo lugar. Você não se envolve nem pergunta, faz algo totalmente contrário ao objetivo comum e se sente excluído. Você Dev nunca subiu um sistema em homologação e descobriu que a versão que a Operação mantém em Produção é outra? Você Operações nunca aplicou uma correção numa máquina que “ninguém usa” e descobriu depois que parou várias pessoas e processos importantes? Comigo já aconteceu algumas vezes e não foi nada agradável…. O que fazer então? Uma sugestão é realizar comitês frequentes entre as equipes de Dev e Operações no inicio de cada projeto relevante. Esse alinhamento traz envolvimento entre as equipes, além de difundir o conhecimento.

Motivo: “A culpa é do meu chefe!”

Eu adorava essa frase até o dia que virei chefe (risos). Certa vez em um feedback que dava frequentemente aos colaboradores das minhas equipes ouvi a frase “Poxa, Daniel, eu trabalhei muito duro e gostaria de ter ganhado aquele outro projeto”. Questionei então o colaborador o porquê dele não ter me falado. Silêncio na sala… Infelizmente os chefes não têm bola de cristal e não adivinham pensamentos. Se você tem um ponto importante procure seu gestor e fale. A sua colaboração é fundamental, pois todo grande ativo de toda empresa são seus colaboradores. Como gestor sempre acreditei que feedbacks constantes e, muitas vezes, diários ajudam no alinhamento e envolvimento de todos no time. Mas lembrem-se sempre: feedback sempre será uma via de dois lados.

Portanto, se DevOps não é uma realidade na sua empresa ou trabalho, você também pode, e deve colaborar para fazer isso acontecer. Notem que propositalmente fiz questão de destacar e sublinhar várias vezes as palavras envolvimento, alinhamento, colaboração. Essas 3 palavras são chaves para que uma mudança cultural como o DevOps causa em um ambiente de trabalho.

E o conhecimento técnico não conta? Evidentemente que sim, mas já testemunhei times brilhantes tecnicamente que fracassaram no DevOps por falta de colaboração motivada por guerra de egos ou rixas.

O benefício final disso? Sabe aquelas ligações de madrugada com a produção parada, que tiram o nosso sono? Pois é, elas diminuem muito e quando acontecem todos na linha já sabem do que se trata. Vale a pena tentar, seu sossego e família agradecem.

*Daniel D’Angelo R Barros é gestor e desenvolvedor de software por mais de 2 décadas, trabalhou em multinacionais como Votorantim, Royal Bank of Scotland e Solera. Dedica-se hoje a projetos de software Cloud, IA e serviços cognitivos

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.