book_icon

Terceirizar back office de sistemas de gestão ajuda empresas a sair da crise

Oferta de ERP como serviço surgiu há seis meses depois que a desenvolvedora de softwares de ERP modulares Dzyon S/A percebeu demanda em clientes corporativos
Terceirizar back office de sistemas de gestão ajuda empresas a sair da crise

Nos últimos meses, os executivos da Dzyon S/A, uma empresa de desenvolvimento de software de gestão empresarial sediada em São Paulo, começaram a observar uma situação paradoxal em uma grande quantidade de clientes de seus sistemas de ERP: as empresas vinham deixando parte dos programas ociosos justo quando mais necessários, dado o agravamento da crise econômica no Brasil.

“Nos propusemos a manter as operações desses clientes, fornecendo informações estratégicas e ajudando nas tomadas de decisões, juntamente com os gestores”, Francine Nonaka

“Com os mercados em baixa ou em oscilação, abandonar as informações gerenciais geradas pelos sistemas de ERP não tem sentido”, diz a CEO da Dzyon, Francine Nonaka. De acordo com ela, a empresa percebeu uma nova demanda. “Isso acabou acendendo luzes amarelas nos nossos painéis: por que os clientes vinham abrindo mão de algo que poderia ajudá-los a melhor navegar em mercados nervosos?”, conta.

A resposta veio por intermédio de consultas mais detalhadas feitas por executivos da Dzyon em clientes de empresas de pequeno, médio e grande portes que mais deixavam ociosos sistemas de controles contábeis, fiscais e de RH, entre outros. Com o agravamento da crise, e o consequente enxugamento dos quadros de funcionários, as empresas vinham “deixando para amanhã” as operações de gerenciamento sob a desculpa verdadeira de falta de pessoal.

A descoberta acabou gerando uma nova linha de soluções na Dzyon, que passou a agregar mais serviços finais a seus sistemas de ERP. A empresa está passando a operar, total ou parcialmente, os softwares gerenciais instalados nos clientes com dificuldades, inclusive fazendo as obrigações legais, os controles e recolhimentos referentes a folha de pagamentos, a gestão contábil e dos departamentos fiscal e financeiro, incluindo emissão de notas fiscais e controle de faturamento.

“Nos propusemos a manter as operações desses clientes, fornecendo informações estratégicas e ajudando nas tomadas de decisões, juntamente com os gestores”, diz a executiva. A iniciativa vem mostrando resultados surpreendentes para alguns clientes que, ao contar com o “ERP como Serviço” da Dzyon, descobriram que jamais haviam recebido de seus escritórios de contabilidade informações gerenciais com interpretações dos números contábeis ou fiscais, aptos a ajudar os gestores da empresa a tomar decisões.

Ao levar a equipe Dzyon a operar o sistema instalado no cliente é possível otimizar o serviço e gerar informações de qualidade, de forma integrada, nos departamentos ou áreas mais afetadas, transferindo essas operações do ERP como back office. “Estamos gerando ‘cases’ internos que ajudam a economizar, a tornar mais previsível o cenário do mercado e a evitar prejuízos com erros de pagamentos de impostos ou de geração de notas fiscais”, afirma Francine. “Além disso, o cliente não precisa se preocupar em treinar e capacitar funcionários, uma vez que a responsabilidade é compartilhada”.

Com pouco menos de seis meses, os serviços de back office de sistemas de gestão corporativa já operam em mais de 15 clientes corporativos, usando em partes da companhia o suporte da equipe da Dzyon. A ideia da empresa é aumentar a oferta do serviço a partir de agora. “Terceirizar o back office é uma nova cultura que nos gera muita satisfação porque podemos apoiar a gestão de negócios do cliente, utilizando nossa melhor ferramenta e extraindo o máximo de seu potencial para o crescimento de ambos”, diz a CEO da Dzyon.

Com mais de 20 anos de mercado, a Dzyon S/A especializou-se no desenvolvimento de softwares de ERP modulares e sob medida para PMEs e grandes companhias. Há sistemas Dzyon em operação em mais de três mil empresas, a exemplo de Mitsubishi, Delphi, Yamá, Vinícola Góes, Itallian Hair e Kim Pães, entre outras.

back office

Dyzon S/A

ERP

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento