Tendências

Digital Twin pode influenciar na estratégia de IoT

Tecnologia reduz custos de operação e estende a vida útil de equipamentos e ativos

digital twin

Os Digital Twins, modelo digital 3D de um sistema físico operacional, oferecem um forte potencial de obter melhores conclusões sobre os objetos e impulsionar decisões mais efetivas. Porém, segundo o Gartner, há riscos inerentes, como adicionar complexidade desnecessária. Eles podem ser um excesso de tecnologia para um problema de negócio particular. Custos, segurança, privacidade e integração também são preocupações, aponta a consultoria.

Os Digital Twins podem diminuir as despesas operacionais e gastos de capital, estendendo a vida útil do objeto que eles representam

Um Digital Twin é uma representação digital de um objeto físico. Esse conceito inclui o modelo do objeto, dados sobre ele, uma correspondência única personalizada e a habilidade de monitorá-lo.

Essa tecnologia adiciona valor às abordagens analíticas tradicionais, melhorando o conhecimento situacional e permitindo melhores respostas a condições em mudança, particularmente para a otimização de ativos e manutenção preventiva. Os Digital Twins podem diminuir as despesas operacionais e gastos de capital, estendendo a vida útil do objeto que eles representam e otimizando a performance do ativo conforme ele funciona.

“A adoção e a expectativa em torno de Digital Twins estão crescendo”, diz Roy Schulte, Vice-Presidente e Analista do Gartner. “Digital Twins são o próximo passo no mundo movido pela Internet das Coisas, no qual os executivos estão crescentemente utilizando tecnologias de IoT em sua jornada de negócios digitais”.

Segundo o Gartner, são inúmeros os objetos físicos que podem ser representados por um Digital Twin. Eles vão de pessoas, coisas e lugares a ambientes complexos, como prédios, fábricas ou cidades. “Os executivos precisam discutir com seus pares o valor de negócio potencial gerado por Digital Twins, suas limitações e política em sua arquitetura e uso”, diz Schulte.

Os profissionais que querem usar Digital Twins para permitirem soluções disruptivas de IoT e resultados de negócios devem focar em objetivos, entendendo os principais benefícios dessa tecnologia em seu negócio antes de investirem na sua implementação. Segundo os analistas do Gartner, os executivos também precisam avaliar a disponibilidade da empresa para a adoção de iniciativas de IoT que impulsionem a tecnologia e procurar simplicidade ao construírem um Digital Twin, principalmente se os objetivos do negócio podem ser alcançados com indicadores básicos de sensores em questões fundamentais de performance.

Além disso, é necessário incluir um sistema de controle e balanço, desenvolvendo indicadores com métricas que podem ser usadas para medir o progresso de iniciativas de Digital Twin, o que pode demandar alguns anos para atingir objetivos financeiros.

No longo prazo, o Gartner prevê novos modelos de negócios emergirem, facilitados por Digital Twins, como a venda de dados de performance relacionados a objetos físicos ou a cobrança por objetos baseados em dados de desempenho.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório