book_icon

ANYMARKET lança E-book “Operação Black Friday 2017”, a batalha mais esperada do comércio eletrônico

Material para download gratuito traz números, previsões, dicas de especialistas e apresenta uma seção bônus com dicas jurídicas

Maringá – PR, 12 de setembro 2017 – A Ebit divulgou recentemente que o e-commerce brasileiro teve alta de 7,5% no primeiro semestre deste ano e que a previsão é que, no segundo semestre, as vendas cresçam entre 12% e 15% graças a Black Friday, ao Dia das Crianças e ao Natal. Para ajudar os marketplaces a aproveitarem todo o potencial da Black Friday, o ANYMARKET, acaba de lançar o e-book “Operação Black Friday 2017”. O E-book pode ser baixado em https://goo.gl/DU2odT.

O material traz números importantes sobre as edições anteriores da Black Friday, previsões para este ano, além de dicas dos parceiros ANYMARKET, como as plataformas Loja Integrada e Signativa, os ERPs Tiny e e-B1, a agência Advice E-commerce, as empresas de logística Mandaê e Intelipost, e o advogado e Gerente de Produto do Edig Express, Odacir Júnior, para que os marketplaces possam se organizar em termos de técnica, precificação, estoque, logística, promoções e pós-venda.

Preços atrativos e sem tiros no pé

Tenha uma decisão clara de qual é o mix de produtos que entrará na Black Friday. Você pode optar pela estratégia de buscar um mix novo ou de aproveitar o evento para queimar os estoques que já tem. Se optar pelo novo mix, faça acordos sobre preços com seus fornecedores! Existem muitos fabricantes que oferecem uma série de produtos em promoção para essa época. Você pode negociar itens específicos para a Black Friday e ir se preparando com antecedência. São as dicas de Ilson Rezende, CEO do ANYMARKET!

#consumidorfeliz #carrinhocheio

• O consumidor está adquirindo cada vez mais confiança na data, mas uma boa experiência durante a compra ganhará ainda mais força na Black Friday 2017.
• Em se tratando de uma data de ofertas, o preço é essencial, mas a confiança na marca e uma boa experiência correspondem a 51% das decisões de compra.
• Um outro fator fundamental para garantir a satisfação dos clientes é a contratação de bons sistemas de rastreamento e aperfeiçoam a entrega, garantindo mais segurança.
• Oferecer regras claras e fáceis de troca ou devolução traz muito mais segurança para o consumidor.
• E para conquistar de vez o cliente, a Advice deixa dicas de marketing e experiência do consumidor:
o Envie um e-mail automatizado 5 dias após a compra. Nesse e-mail, devem constar instruções caso o cliente tenha algum problema com o pedido. Então, 12 dias após a compra, envie mais um e-mail que convidará o cliente a uma promoção de fim de ano, com cupom de desconto ou alguma vantagem considerável.
o Foque em disponibilizar informação ao cliente! Nunca se esqueça de antecipar o problema, e caso o pedido tenha alguma divergência, ligue diretamente para o cliente. Não use e-mail nessa hora, a ligação passa mais confiança e demonstra dedicação!
o Na caixa de envio do produto, coloque cupons de desconto para eventuais compras posteriores. Combine também com fornecedores alguns brindes ou amostras grátis para enviar junto.

Bônus – Dicas jurídicas:

A Black Friday é a data que registra a maior procura de advogados no ano! Veja as principais reclamações registradas pelo Reclame Aqui em 2016:
1. Propaganda enganosa (22,4%)
2. Divergência de valores (14,7%)
3. Problemas na finalização da compra (10,1%)
4. Produto indisponível (7,5%)
5. Maquiagem de preço (7,2%)
6. Promoção (7,1%)
7. Forma de pagamento indisponível (3%)
8. Atraso na entrega (2,9%)
9. Valor de frete (2,3%)
10. Estorno do valor pago (1,9%)
Para conhecer esses problemas e como lidar com eles, consultamos o advogado e Gerente de Produto do Edig Express, Odacir Júnior (OAB PR nº 54292):
• Oferte apenas os produtos que você tem para entregar, pois, caso esse produto não exista mais, o comprador pode exigir uma indenização. Esteja preparado para, em último caso, entregar um produto igual ou superior.
• Os erros de operação podem acarretar coisas gravíssimas como a divergência de valores. Se algo acontecer no sistema e um preço maior surgir para o comprador na hora de fechar o pedido, o marketplace deve devolver o dinheiro em dobro! Lembrando que processos chegam ao lojista por meio do marketplace. Por isso, escolha muito bem seu integrador, preferindo os mais robustos e sem índice de erros em edições anteriores da Black Friday.
• Vale lembrar que mesmo na Black Friday, o Código de Defesa do Consumidor afirma o direito à reparo de produtos defeituosos em até 30 dias. Caso não haja o conserto dentro do prazo, o consumidor poderá escolher entre três opções:
1. Exigir sua troca por outro produto em perfeitas condições de uso;
2. Exigir a devolução integral da quantia paga, devidamente atualizada;
3. Ou, exigir o abatimento proporcional do preço.
• Outro direito que se mantém na Black Friday é o da desistência em compras remotas (realizadas pela internet). Essas vendas podem ser canceladas no prazo de sete dias a partir da entrega do produto, defeituoso ou não, e independente de qualquer outra política de trocas da loja.

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento