book_icon

Seis dicas para as empresas se defenderem de ataques ransomware

Relatório da Cisco 2017 aponta que as indústrias precisam melhorar a conduta de segurança para acompanhar a convergência da tecnologia da informação e operacional
Seis dicas para as empresas se defenderem de ataques ransomware
cadeado em fundo vermelho simula proteção de dados

Os cibercriminosos estão cada vez mais sofisticados e agressivos. Só neste ano, em uma grande ação, os ataques afetaram mais de 230 mil computadores em 15 países, incluindo o Brasil, de empresas e órgãos governamentais. Além disso, centenas de empresas pelo mundo desligaram seus servidores por precaução, gerando grandes prejuízos.

A segurança cibernética é um ponto central nas organizações porque envolve equipamentos e pessoas e, disso, depende a proteção de dados

Segundo o Relatório de Cibersegurança da Cisco 2017, as indústrias precisam melhorar a conduta de segurança para acompanhar a convergência da tecnologia da informação e a tecnologia operacional. À medida que os criminosos continuam aumentando a intensidade dos ataques, as empresas de diferentes setores da indústria precisam manter os requisitos fundamentais de segurança cibernética e serem reativas para que se mantenham protegidas.

Ghassan Dreibi, gerente de Desenvolvimento de Negócios de Segurança para LatAm da Cisco, preparou uma lista com algumas medidas indicadas para as organizações se defenderem do ransomware. Veja abaixo:

  1. Monitorar a rede, implantando patches e fazendo atualizações no tempo adequado;
  2. Integrar defesas e utilizar uma abordagem de arquitetura para a segurança, ao invés de privilegiar implantação de produtos de nicho;
  3. Medir o tempo para detecção, insistir no tempo mais rápido disponível para descobrir ameaças, e então, minimizar seu impacto;
  4. Fazer com que as métricas sejam parte das políticas de segurança organizacional;
  5. Proteger usuários em todos os lugares em que estejam e onde quer que eles trabalhem, não apenas os sistemas com os quais eles interagem quando estão na rede corporativa e,
  6. Fazer backup de dados críticos e rotineiramente testar a sua eficácia, enquanto confirma se os backups não são suscetíveis a ataques.

Os criminosos estão se tornando cada vez mais criativos na maneira como estruturam seus ataques, ao mesmo tempo em que as empresas estão em uma corrida constante contra eles. A garantia da segurança começa com o fechamento das brechas mais óbvias e se torna uma prioridade comercial, como parte essencial do processo. É importante estar atento e manter os sistemas seguro, afinal, disso dependem os negócios das companhias.

ciberataques

Cisco

Ransomware

segurança

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento