book_icon

Blockbit dobra de tamanho e define canal como pilar estratégico para expansão

Depois de crescer 50% em 2016, companhia de cibersegurança já faturou no primeiro semestre de 2017 todo o montante de 2016
Eduardo Bouças fala em evento para parceiros
Eduardo Bouças, CEO da Blockbit

Em um ano de operação, a Blockbit viu a sua operação dobrar de tamanho e sua estrutura saltar de 40 para 100 funcionários. Para seguir o ritmo de expansão, a empresa – que nasceu em 2016 fruto da compra da BRconnection pela joint venture do fundo de investimento Oria Capital, BNDES e Cipher – definiu o canal de distribuição como principal alicerce estratégico. Segundo Eduardo Bouças, CEO da companhia de cibersegurança, a base de canais cresceu de 40 para 140 parceiros no Brasil.

No primeiro semestre de 2017, a Blockbit já faturou todo o montante de 2016

O objetivo é fortalecer essa base, que é formada por empresas de perfis variados. Segundo explica Bouças, são basicamente integradores para a oferta de serviços complementares aos produtos da empresa. A estratégia comercial, a princípio focada em pequenas e médias empresas, agora foi estendida a governo e mercado corporativo de maior porte. O canal é específico para o mercado de PME.

Em evento voltado a apresentar as novidades e a fortalecer o relacionamento com o canal de distribuição, a Blockbit anunciou o lançamento de um portal exclusivo para as revendas. Ali, o parceiro Blockbit tem todos os projetos mapeados e consegue facilmente fazer a gestão do processo de vendas. “É bem democrático. O portal é um repositório que garante que todos tenham acesso às informações técnicas e comerciais que venham precisar”, pontua Paola Scampini, VP de marketing, canais e alianças da Blockbit.

A Blockbit também tem um programa de canais que categoriza os parceiros em Gold, Silver e Platinum. A empresa não atua com distribuidores. Paola conta que tem planos de aumentar essa base. Com grande parte das revendas provenientes de São Paulo, a executiva diz que quer capilaridade no Brasil inteiro.

O objetivo é ter parceiros para a oferta de serviços recorrentes. “Para estimular isso a Blockbit custeia os equipamentos. Assumimos o cashflow para que a revenda foque na oferta específica de serviços. Ela recebe e só aí paga a Blockbit”, explica.

Lançamentos

Para atender às crescentes demandas do mercado de administração de múltiplos dispositivos de segurança de rede, a Blockbit anunciou o lançamento do Global Security Management, produto de gerenciamento centralizado. Além do gerenciamento unificado, o BLOCKBIT GSM oferece um módulo de análise e relatórios avançados, o Analytics. Este recurso oferece visibilidade global para detectar, investigar e tomar ações direcionadas contra as ameaças e tentativas de invasão; quebra de regras com utilização de aplicações não autorizadas; monitoramento de tráfego de rede em tempo real em múltiplos pontos e segmentos de rede.

Além disso, a empresa anunciou a mais recente versão da sua plataforma de diagnóstico e análise de riscos, o Blockbit Vulnerability and Compliance Management (VCM). Desenvolvido para monitorar e gerenciar potenciais brechas de segurança, o produto identifica alterações em configurações de redes e dispositivos, atividades e tráfegos suspeitos e comportamentos indevidos dos usuários, aplicando as políticas de conformidade a todos os ativos de TI.

A Blockbit, empresa global de produtos de cibersegurança, anunciou hoje sua nova plataforma de proteção ativa para smartphones. O app Blockbit Mobile será disponibilizado gratuitamente em versão beta para smartphones Android, protegendo usuários contra vulnerabilidades e ameaças críticas e prevenindo a perda de dados. O sistema operacional é o maior alvo de cibercriminosos,

Com o app, a Blockbit aproveita a expertise e tecnologia avançada de cibersegurança adotada em outros produtos do seu portfólio para proteção de ambientes corporativos, para a palma da mão do usuário. Além de oferecer segurança contra possíveis malware, spyware e vírus, o Blockbit Mobile protege os smartphones contra tráfegos maliciosos em redes Wi-Fi e Bluetooth, zelando pela segurança dos dados armazenados pelo dispositivo. O app pode ser usado para proteger usuários corporativos ou domésticos.

Blockbit

Canal de distribuição

estratégia

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento