book_icon

Conheça 4 erros comuns na gestão de dados

Veja lista preparada por Cláudio Santos, da Santo Digital, para evitar os erros mais comuns e aumentar o índice de assertividade nas companhias
Conheça 4 erros comuns na gestão de dados

Atualmente, a gestão de dados é uma das áreas mais importantes dentro das companhias. O setor é responsável em desenvolver e administrar, de modo centralizado, as estratégias, procedimentos e práticas no processo de gerenciamento dos recursos, incluindo todo o planejamento para a sua definição, padronização, organização, proteção e utilização.

 “Evitar os erros mais comuns pode ser um primeiro passo para aumentar o índice de assertividade nas companhias”, Cláudio Santos

Entretanto, durante as atividades que demandam uso de dados, eventualmente ocorrem erros. No dia a dia da gestão organizacional, estamos presos a padrões corporativos que exigem um gerenciamento eficiente. São eles: identificar e resolver problemas. Dessa forma, confira quatro erros comuns relacionados à gestão de dados listados por Cláudio Santos, CEO da Santo Digital.

  1. Não definir metas

A falta de objetivos já ocasionou a falha de projetos por conta do problema na gestão dos dados. Nesses momentos, a principal pergunta que deve ser feita é: “Onde desejo chegar?” Dessa forma, é possível gerenciar as informações de maneira mais assertiva, criando um bom plano de ações em conjunto.

  1. Não estipular qual o seu público

Atirar para todos os lados não significa acertar o alvo. É importante esclarecer que quanto mais pessoas a empresa quiser atingir, sem que ocorra um padrão ou critério que defina as características desses indivíduos, mais difícil será de obter os resultados desejados. Além de uma boa definição de metas, é preciso realizar uma profunda análise de segmentação, onde o uso dos dados possa ser mais específico. Tendo uma mira certa, a decisão torna-se mais eficiente e gera bons frutos.

  1. Não saber utilizar o volume dos dados coletados

Com a expansão constante do big data, o conceito da importância dos grandes volumes de dados se expandiu rapidamente dentre diversos setores da indústria. Possuir um montante de informações é fundamental, mas não é preciso abusar. Em sua maioria, a base necessária para a realização de algumas ações está no small data, que são pequenos dados essenciais para o embasamento do processo decisório. É importante se concentrar nos que realmente vão ao encontro do objetivo para que haja sucesso.

  1. Estruturação informações

O processo final de uma coleta de dados é a estruturação dos mesmos. Identificar padrões de respostas e mapeá-los são essenciais para identificar os resultados. Na maioria das vezes, diversos erros podem ocorrer nesse momento e não dar a devida atenção na correção dos problemas pode prejudicar a documentação dos objetivos atingidos, impactando na tomada de decisões.

É importante manter o foco no gerenciamento para obter um bom desfecho. Evitar os erros mais comuns pode ser um primeiro passo para aumentar o índice de assertividade nas companhias.

erros

estratégia

gestão de dados

Santo Digital

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento