book_icon

Mais de 50% dos sites ainda não tem uma URL segura

Levantamento realizado pelo SEMRush mostra que apenas 45% dos domínios pesquisados já migraram os endereços para HTTPS
Mais de 50% dos sites ainda não tem uma URL segura

Segurança é assunto primordial quando falamos em navegar pela internet. Além de aumentar o SEO e o índice de acessos, ter uma página segura é uma demonstração de seriedade e comprometimento com quem acessa. Contudo, de acordo com levantamento feito pelo SEMrush, empresa de marketing digital e fornecedor de ferramentas de monitoramento online, apenas 45% dos sites verificados já migrou para URL de tráfego encriptado, as famosas HTTPS. A plataforma coletou dados de mais de 100 mil sites.

“Desde o início do ano todas as páginas que solicitam dados confidenciais, como número de cartão de crédito e documento, e tem apenas HTTP na URL estão sendo marcadas como inseguras. Para quem tem uma loja online, isso pode significar o fim do site a curto prazo”, Maria Chizhikova Marques

Segundo a ferramenta, entre os que já adotaram os novos endereços também foram encontrados alguns erros na implantação. Entre os mais frequentes estão desde protocolos de segurança desatualizados até erros de arquitetura dos sites, passando por links que direcionam para páginas não seguras.

Para Maria Chizhikova Marques, Coordenadora de Mercado Brasileiro de SEMrush, não migrar para uma URL segura e fazer isso de forma incorreta, pode ter praticamente o mesmo peso negativo do ponto de vista do marketing digital. “Não importa se um site traz URL com protocolo de segurança HTTPS se as páginas contidas dentro dele ainda não estão linkando para sites não seguros. Isso vai prejudicar o SEO e a própria credibilidade do site da mesma forma”, afirma Marques.

A Coordenadora do SEMrush ainda aconselha a todos os proprietários de páginas e domínios na internet a fazerem uma boa auditoria, especialmente os donos de e-commerce. “Desde o início do ano todas as páginas que solicitam dados confidenciais, como número de cartão de crédito e documento, e tem apenas HTTP na URL estão sendo marcadas como inseguras. Para quem tem uma loja online, isso pode significar o fim do site a curto prazo”, finaliza.

Proteção para pequenas empresas

Com a recente mensagem de site não seguro que o Google Chrome começou a mostrar em páginas HTTP que pedem informações pessoais, como senhas e logins, e informações de cartão de crédito, os pequenos empreendedores podem correr o risco de perder visitantes e clientes. Por isso, a GoDaddy, plataforma de cloud dedicada a pequenos negócios e empreendimentos independentes, lançou o Unsecure Form Scanner, uma ferramenta online gratuita que examina a segurança de sites. Certificados SSL/TLS e o protocolo HTTPS existem há mais de 20 anos, porém com o aumento de compras online, a segurança digital se tornou um assunto chave, tornando a aplicação desses certificados essencial para qualquer site hoje em dia.

A inclusão do protocolo HTTPS em seu site pode ajudar a proteger seu negócio e as informações pessoais dos seus clientes, no entanto uma pesquisa realizada pelo Google revelou que a maioria dos visitantes não verificam a segurança dos sites que acessam. O alerta de site não seguro do Chrome é uma iniciativa para ajudar a chamar atenção à importância da segurança digital, e para ajudar os pequenos negócios online, a GoDaddy lançou essa ferramenta de verificação gratuita. “Segurança digital é muito importante, e o Unsecure Form Scanner é mais um exemplo de como a GoDaddy busca ajudar pequenos negócios com ferramentas de segurança online fáceis de usar”, comenta Cristiano Mendes, diretor de produtos da GoDaddy para a América Latina.

GoDaddy

HTTPS

pequenas empresas

segurança digital

SEMrush

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento