book_icon

Cresce mercado de fibra óptica na América Latina

Segundo a CommScope, a tecnologia FTTH representa um dos níveis mais altos na inovação de redes
Cresce mercado de fibra óptica na América Latina

Os novos hábitos de consumo dos usuários finais impulsionam uma crescente demanda por maior capacidade de transmissão de dados e velocidades mais altas. Por isso, tanto operadoras como provedores tiveram que desenvolver novas redes capazes de fornecer maior largura de banda, onde a fibra óptica (FTTH) se mostra a melhor opção.

“As aplicações futuras irão requerer novos padrões de conectividade e a fibra óptica no acesso será o condutor para a transformação das redes de próxima geração”, Eduardo Jedruch

Em termos de adoção, no final do ano passado na América Latina a taxa de conexão representou por volta de 19,5%, além de mostrar um incremento no número de assinantes de 22%, segundo dados da Global Ranking. Esta grande implementação de redes de fibra em residências, escritórios e edifícios foi impulsionada tanto por operadoras como pelos governos que, em alguns países como Chile, Argentina e Brasil, promoveram planos nacionais.

Com este crescimento, aliado às projeções para os próximos cinco ou dez anos, desenvolver uma rede de fibra confiável, que não só satisfaça às necessidades de hoje, mas que mantenha a rede preparada para o futuro, se tornou uma necessidade primordial.

“As aplicações futuras irão requerer novos padrões de conectividade e a fibra óptica no acesso será o condutor para a transformação das redes de próxima geração. Da mesma maneira, as operadoras devem migrar para a fibra de maneira rápida e efetiva, devido a isto,  vir à Fiber Connect e conhecer as soluções e tendências mais inovadoras do mercado ajuda a transformar suas redes, desde os escritórios centrais até o usuário final, de uma forma simples, econômica e com altos padrões de qualidade e durabilidade, questão que na CommScope estamos potencializando por meio de soluções  em infraestrutura de conectividade do tipo end to end, com altos componentes de inovação”, afirma Eduardo Jedruch, presidente da Associação Fiber Broadband LATAM Chapter e CCS Network Architect na CommScope CALA (Caribe e América Latina).

Atualmente, a tecnologia FTTH representa um dos níveis mais altos na inovação de redes, já que pode fornecer transmissões de até 1Gbps para usuários comuns na comodidade de suas residências e negócios. Para Jedruch, este é um momento sem precedentes para a tecnologia FTTH.

“Atravessamos um momento sem igual em termos de evolução tecnológica da FTTH. O 5G, C-RAN, SDN, NFV, Serviços de Nuvem, a IoT (Internet das Coisas) e as Cidades Inteligentes são tendências que estão se destacando na pauta dos Provedores de Serviços de Telecomunicações e todas têm um denominador comum: a Fibra Óptica no acesso, como plataforma de convergência de rede.”

A América Latina é uma região que em poucos anos deixou de ser um mercado com algumas implementações em massa para ser uma área na qual instalar fibra em residências e grandes edifícios está se tornando algo comum. O amadurecimento da tecnologia PON (Passive Optical Network) e a redução de custos facilitaram esta adoção na região. Sem dúvida, clientes e operadores ainda têm um longo caminho a percorrer, por isso o impacto da Fiber Connect não tem repercussão apenas em países como Estados Unidos, mas também na América Latina.

América Latina

CommScope

Fibra óptica

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento