book_icon

São Paulo é cidade mais inteligente e conectada, aponta pesquisa

Capital paulista também é campeã no quesito mobilidade. Região Sudeste concentra seis municípios entre os 10 mais bem colocados
São Paulo é cidade mais inteligente e conectada, aponta pesquisa

São Paulo é a cidade mais inteligente e conectada do Brasil, aponta pesquisa realizada pela Urban Systems. Segundo a 3ª edição do levantamento “Connected Smart Cities”, Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e Vitória (ES) vêm na sequência. A Região Sudeste concentra as cidades mais inteligentes e conectadas e possui seis municípios entre os 10 mais bem colocados.

Nos rankings elaborados a partir de cada setor analisado, a capital paulista é primeira em Mobilidade

A Região Norte é a única sem representante entre as 10 melhores – Palmas (TO) ocupa o 15º lugar. No Sul, Curitiba é a que detém a melhor posição. Recife (PE) lidera a Região Nordeste. Já Brasília (DF) aparece à frente no Centro-Oeste.

O ranking também classifica as três melhores cidades por porte. Assim como nos parâmetros nacional e regional, São Paulo é a primeira colocada entre as cidades com mais de 500 mil habitantes. Vitória ficou com a melhor posição entre 100 e 500 mil habitantes (quinto lugar do ranking geral). Já Cajamar, no interior paulista, é a cidade melhor classificada com até 100 mil habitantes (36ª posição no ranking geral).

Nos rankings elaborados a partir de cada setor analisado, além de Santos, que ficou com o primeiro lugar em Urbanismo, destacam-se também Belo Horizonte, primeiro lugar em Meio Ambiente, Vitória, como primeira colocada em Saúde, Vinhedo (no interior de São Paulo), no topo em Segurança, e a capital paulista, primeira em Mobilidade.

Salvador, destaque do Nordeste, ficou na 6º colocação, saltando sete posições na tabela, em comparação com a pesquisa de 2016. A cidade se posicionou à frente de capitais como Fortaleza (CE), Cuiabá (MT), Teresina (PI), João Pessoa (PB) e Natal (RN). A cidades também se destacou em Mobilidade e Acessibilidade, ocupando a 7ª colocação, 20 posições a mais em relação a 2016. Neste quesito são pontuados itens como proporção de ônibus por automóveis, idade média da frota de veículos, quantidade de ônibus por habitantes (transporte público ou privado), rampa para cadeirantes, entre outros.

No setor de Educação o município subiu quatro colocações, da 24ª para a 20ª posição. No entanto a cidade caiu da 10ª para a 17ª posição no setor de Tecnologia e Inovação, que leva em consideração conexões de banda larga com mais de 34MB, cobertura 4G, trabalhadores com ensino superior, acessos no serviço de comunicação multimídia, entre outros pontos.

O estudo da Urban Systems analisa 11 setores de mais de 700 municípios, a partir de 70 indicadores. Os 11 setores são: Mobilidade, Urbanismo, Tecnologia e Inovação, Empreendedorismo, Governança, Educação, Energia, Meio Ambiente, Saúde, Segurança e Economia.

cidade conectada

cidade inteligente

pesquisa

São Paulo

Urban Systems

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.