book_icon

Vamos Falar de Negócios: Shadow IT ou Innovation IT?

Érico Veríssimo disse certa vez que “Quando os ventos da mudança sopram, umas pessoas levantam barreiras, outras constroem moinhos de vento”

O fenômeno crescente das iniciativas descentralizadas de adoção rápida de novas soluções tecnológicas, capitaneadas por áreas de negócios sem obedecer a padrões estabelecidos ou contar com a aprovação de TI, ganhou um nome: “Shadow IT”. A TI das sombras, paralela, clandestina, subterrânea, ilegal, nenhum atributo positivo tem sido associado a esse fenômeno, o próprio nome escolhido traz o julgamento implícito da visão tradicional de Tecnologia dentro das organizações. Entretanto, alguém que considere esse movimento uma espécie de mundo subterrâneo e clandestino a ser combatido não entendeu para que lado se move o sol da Tecnologia.

Gestores de TI tentando reprimir, evitar, minimizar ou controlar o que eles chamam de “Shadow IT” estão de fato erguendo barreiras inúteis, gastando energia enxugando o gelo da mudança, tal qual governos que tentam controlar o Uber, ou pais que querem definir como seus filhos adolescentes usam seus celulares. A arquitetura de padrões e controles vive seus últimos dias, porque o ritmo e formato de inovação que as Stratups imprimiram ao mercado de tecnologia torna esses conceitos pálidos ecos de um passado mais simples e previsível.

A forma tradicional de planejar e gerir tecnologia, essa sim, caminha para a sobra do ostracismo e da irrelevância, caso não seja capaz de definir rapidamente seu papel num mundo que não obedece mais a ela, e sobre o qual ela tem pouco controle. Os gestores da TI Corporativa precisam aprender a jogar um jogo em que eles não são mais os donos da bola, nem os juízes.

O lado cruel da disrupção tecnológica é sermos penalizados por fazermos tudo exatamente como aprendemos a fazer, e poucos tem afundado mais nessa armadilha pantanosa do que os gestores de Tecnologia, que submergem lentamente enquanto se debatem de forma intensa e frenética contra a inovação, sem se dar conta da quixotesca batalha involuntária que estão travando. A inovação está ocorrendo às margens do império organizacional de tecnologia, longe dos olhos do CIO, nas áreas de negócios, junto aos usuários, e à gestão de Tecnologia tem restado o desconfortável papel de liderança do conservadorismo, presos aos seus padrões rígidos, irremediavelmente encaixotados em suas metodologias. Métodos são meios que devem nos servior, e não fins em si, mas essa lição parece ter sido esquecida por muitos.

Cadeias de valor (ou ecossistemas se preferir), são diversas empresas alinhadas ao redor de problemas específicos, onde cada uma dessas empresas oferece uma parte das soluções, que se complementam e se encaixam. Raramente nos damos conta de que as áreas de TI das organizações funcionam, na verdade, como os componentes finais dos ecossistemas tradicionais de Tecnologia, mais alinhados com a cultura e a cadeia de valor de Fabricantes, Distribuidores e Canais do que com as cadeias de valor das áreas de negócios de suas próprias empresas, e isso as faz sofrer tanto quando o restante desse ecossistema de Tecnologia durante a atual transição de modelos do mercado, com o agravante da posição peculiar de compradores na qual se encontram.

Quando olhamos para o fenômeno de “Shadow IT” como mais um sintoma da disrupção que atingiu o mercado tradicional de Tecnologia da Informação e toda a sua cadeia de valor, percebemos como boa parte dos diagnósticos e remédios podem estar equivocados. Estamos diante de um novo momento que demanda uma gestão descentralizada e colaborativa de Tecnologia nas corporações, e o sucesso nessa nova era pode estar reservado aos que tiverem a habilidade e a coragem de romper padrões e inovar.

*Marcus Rossetti é CEO da Commsulting

CIO

estratégia

negócios

Shadow IT

TI

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento