book_icon

Brasil e Espanha serão conectados com cabo de fibra óptica submarino

Acordo prevê conexão direta de telecomunicações entre os dois países em um moderno sistema de cabo submarino a partir de 2019
Brasil e Espanha serão conectados com cabo de fibra óptica submarino

Brasil e Espanha anunciaram um acordo para a construção de um sistema de cabo submarino de telecomunicações que conectará os dois países a partir de 2019. O EllaLink ligará diretamente São Paulo à Madri, através de 4 pares de fibra óptica com capacidade total de 72 Tbps. O projeto já conta com as estações terrestres para chegada do cabo no Brasil e em Portugal.

Cabo terá 9,2 mil km de extensão e capacidade de transferir 72 terabytes por segundo

A Alcatel Submarine Networks (ASN) foi a vencedora da licitação para fornecer o cabo, que chegará a Datacenters em Lisboa, Madri e São Paulo através de backhauls terrestres e anéis protegidos de fibra óptica. O cabo poderá ainda se conectar, em seu caminho, com os arquipélagos da Madeira, Canárias e Cabo Verde.

Segundo Antonio Loss, presidente da Telebras, a comunidade científica internacional será amplamente beneficiada pelo EllaLink. “Ele permitirá aos pesquisadores europeus acesso rápido e direto ao LSST-Large Synoptic Survey Telescope, moderníssimo telescópio em construção no Chile”, pontua.

Atualmente, oito cabos submarinos ligam o Brasil a outros países: sete direcionados para os Estados Unidos e apenas um, com capacidade quase esgotada, para a Europa. Como resultado, mais de 99% do tráfego segue via os EUA e menos de 1% direto para a Europa – proporção em nítido contraste com o intenso comércio, investimentos e laços econômicos e culturais que existem entre a Europa e a América Latina.

“O sistema EllaLink permitirá um melhor equilíbrio por meio de uma conexão direta, de baixa latência, roteamento diversificado, maior confiabilidade e privacidade das informações nele trafegadas”, explica Alfonso Gajate, presidente da EulaLink, Joint-Venture criada em 30 de Junho de 2015 entre a Telebrás e a EulaLink para a construção e operação do sistema de cabo submarino EllaLink.

“O número de usuários de internet segue crescendo e já alcança 42% da população mundial. ¾ do conteúdo acessado por brasileiros na internet também está disponível na Europa, continente que reúne também 7 dos 10 maiores Pontos de Troca de Tráfego do mundo. O EllaLink é de extrema importância para aplicações de computação em nuvem, provedores de internet e governos”, ressalta João Pedro Flecha de Lima, CEO da Cabos Brasil-Europa S.A. – EllaLink.

Brasil

conexão

EllaLink

Espanha

Inovação

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.