book_icon

IT as a Service e celulares inteligentes serão destaques em vendas globais em 2017

Em pesquisa, Deloitte aponta tendências de tecnologias que influenciarão os negócios neste ano
IT as a Service e celulares inteligentes serão destaques em vendas globais em 2017

Em 2017, 20% de todas os smartphones vendidos mundialmente virão equipados com tecnologia de Machine Learning. Além disso, a aquisição de tecnologia passará para o modelo as a service para a maioria dos produtos e soluções vendidas. As conclusões são da 16ª edição do estudo global da Deloitte TMT Predictions 2017, que prevê que IT as a Service deve absorver 35% dos gastos com tecnologia.

Dispositivos móveis serão capazes de executar tarefas a partir de Machine Learning, mesmo sem conectividade

Até o final de 2018, os gastos com IT as a Service para data centers e software atingirão quase US$ 550 bilhões em todo o mundo, ante US$ 361 bilhões em 2016. Segundo a Deloitte, a mudança começará a transformar a maneira como o segmento de TI negocia, vende e compra tecnologias em todas as empresas do mundo.

No caso dos smartphones, a previsão é que os dispositivos móveis serão capazes de executar tarefas a partir de Machine Learning, mesmo sem conectividade, o que altera significativamente o modo como as pessoas interagem com a tecnologia em todos os níveis. Basicamente, recursos de Machine Learning permitem que um dispositivo “aprenda”, registre e implemente facilidades de navegação e utilização a partir da análise dos hábitos de seus usuários.

Além disso, ao longo do tempo, o Machine Learning não será limitado apenas aos smartphones e poderá ser encontrado em dispositivos, como drones, tablets, carros, aparelhos de realidade virtual ou aumentada, instrumentos médicos, dispositivos de internet das coisas (IoT) novas tecnologias ainda inéditas.

Outra importante inovação que tem o poder de transformar parte do mundo como conhecemos é a frenagem autônoma de veículos. A Deloitte prevê que em 2022, somente nos Estados Unidos, as mortes causadas por acidentes com veículos terão uma redução de 6.000 casos, um declínio de 16% em relação aos números estimados para 2017.

Confira a seguir os destaques do TMT Predictions 2017:

Segurança biométrica

A pesquisa de 2017 prevê que a base ativa de dispositivos equipados com leitores de impressões digitais ultrapassará 1 bilhão pela primeira vez, no início de 2017. Organizações, privadas e públicas, devem considerar a melhor forma de explorar a crescente base de leitores biométricos e o grande número de pessoas que se acostumaram a usá-los em seus smartphones.

Os ataques DDoS na era terabit

A TMT Predictions prevê que, em 2017, Ataques Distribuídos por Navegação de Serviço (DDoS), uma forma de ataque cibernético, se tornarão mais frequentes, maiores em escala e mais difíceis de mitigar. Nos últimos anos, este tem sido um jogo de gato e rato em que nenhum dos lados obteve vitórias significativas. Entretanto isso pode mudar em 2017, devido à abundância de objetos conectados (conhecidos como Internet das Coisas, ou IoT), que muitas vezes podem estar vulneráveis a esses ataques.

Segurança em primeiro lugar

O surgimento de carros autônomos aponta para um desafio. A pesquisa prevê que, até 2022, as mortes anuais de veículos motorizados nos Estados Unidos devem cair em 6.000. Embora existam outras tecnologias de segurança automotiva que contribuem para esta redução, o fator mais importante será a frenagem automática de emergência (AEB).

5G: uma revolução em evolução ainda em 2017

A tecnologia 5G vem sendo implantada em 2017, e, em alguns mercados já está disponível. O 5G é uma atualização significativa e complexa do 4G, não se tratando uma atualização de uma única etapa a partir do primeiro lançamento de 4G, mas, sim, o culminar de muitos anos de upgrades sustentados das redes 4G.

Inteligência artificial

Em 2017, mais de 300 milhões de smartphones terão inteligência artificial. Esta funcionalidade irá melhorar as aplicações, incluindo a navegação interior, a classificação de imagens, a realidade aumentada, o reconhecimento de voz e a tradução de idiomas, mesmo quando há pouca ou nenhuma conectividade celular ou wi-fi, como em áreas remotas, subterrâneas ou aviões. Onde houver conectividade, a inteligência artificial poderá permitir que as tarefas sejam feitas melhor, mais rapidamente, e com mais privacidade.

Indoor: última fronteira para a navegação digital

Até 2022, pelo menos 25% de toda a navegação digital por precisão deverão incluir uma etapa ou ser uma viagem inteiramente indoor. O crescimento será estimulado por melhorias na precisão da navegação no médio prazo. O potencial de navegação indoor precisa é significativo, e pode beneficiar a maioria dos setores verticais, com impactos para governo, empresas e consumidores.

Publicidade na TV dos Estados Unidos: manter é o novo crescer

A pesquisa aponta que a receita de publicidade de TV dos Estados Unidos em 2017 será mantida ao nível de 2016. Para uma indústria fortemente impactada pela queda negativa da publicidade em outros meios de comunicação tradicionais, manter é o novo crescer. Embora a publicidade tradicional na TV não esteja crescendo tão rapidamente quanto antes e esteja perdendo participação no digital, ela continua a ser um meio de publicidade importante.

O ápice dos tablets?

A pesquisa de 2017, aponta que serão vendidos menos de 160 milhões de unidades de tablets, sugerindo que passamos do ponto máximo de demanda para esses dispositivos. Não existe um tipo de uso dominante para esse dispositivo, que suporta uma variedade de atividades online. Tablets têm seus fãs, mas não há atividade única no qual eles sejam o dispositivo preferido.

Vinil: o nicho nostálgico de bilhões de dólares

A pesquisa prevê que o vinil continuará seu ressurgimento e poderá chegar a US$ 1 bilhão em receitas pela primeira vez neste milênio. Hoje, para muitos compradores, o vinil se tornou um artigo de colecionador, uma lembrança, um formato orgulhosamente físico e uma expressão de individualidade em um mundo cada vez mais digital.

Deloitte

Machine Learning

tendências

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento