Gestão

Controle da experiência atrai consumidores, diz estudo

Pesquisa da Oracle aponta que tecnologias como Inteligência Artificial, Realidade Virtual e IoT ajudam a prever melhor a próxima atitude de compra dos consumidores

Consumidores estão mais dispostos a se engajar com marcas que utilizem novas tecnologias quando sentem que estão no controle da própria experiência. Além disso, são simpáticos à realidade virtual, querem rapidez (leia-se tempo real) nas entregas e gostam de personalização dos produtos que lhe interessam. Essas são as conclusões do estudo Relatório Varejo 2025, realizado pela Oracle.

A impressão 3D e a entrega por drones acelerarão o processo de criação do produto até a chegada para o consumidor de meses para dias e, eventualmente, horas

O estudo, que ouviu 709 consumidores em fevereiro de 2017, tem como objetivo trazer um parâmetro de comparação sobre onde os consumidores estão no ciclo de vida da adoção de tecnologias para o varejo e seu impacto sobre esse mercado ao longo dos próximos oito anos.

Tecnologias como Inteligência Artificial, Realidade Virtual e IoT ajudam a prever melhor a próxima atitude de compra dos consumidores. No entanto, a criação de uma forte base de confiança é fundamental para o sucesso do lançamento de novas experiências. Se as marcas exagerarem, a reação pode ser visceral. Segundo o estudo, 64% dos entrevistados gostaram da opção de usar a realidade virtual para navegar em uma experiência personalizada na loja e ter um guarda-roupa escolhido a dedo para experimentar na loja, por exemplo.

A velocidade é crítica para a moda e só tende a aumentar. A impressão 3D e a entrega por drones acelerarão o processo de criação do produto até a chegada para o consumidor de meses para dias e, eventualmente, horas. O estudo da Oracle identificou que 67% dos consumidores gostam da opção de entrega praticamente em tempo real até a sua porta feita por drones e 64% responderam favoravelmente ao conceito de ter uma loja sugerindo um acessório sob medida produzido por meio de impressão 3D. Por outro lado, 57% acha que as recomendações feitas por robôs com base em seu perfil de mídia social são invasivas.

Os consumidores são cautelosos na hora de enviar voluntariamente os dados necessários para a personalização, mas ainda procuram uma experiência sob medida, reforçando a necessidade de relacionamentos mais fortes com as marcas. 46% dos entrevistados indicaram que receber alertas em tempo real sobre recalls dos produtos atuais, e o tempo desde o último recall do fabricante, com base no histórico de compras anteriores melhoraria a sua experiência.

“Os consumidores indicam claramente que possuem um perfil conservador para as tecnologias de varejo que requerem dados pessoais profundos e tomam as decisões por eles”, disse Mike Webster, vice-presidente sênior e gerente geral da Oracle Retail e Oracle Hospitality.

“Isso indica que as marcas devem priorizar a construção de uma forte base para conquistarem a confiança de seus clientes. Atitudes positivas quanto à utilização da realidade virtual e do recebimento de recomendações para acessórios personalizado produzidos com impressoras 3D para os clientes apontam a disposição dos consumidores em adotar novas tecnologias caso estejam no controle da experiência”, pontua.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.