Tendências

Amazon faz primeira entrega com drone nos EUA

Voo aconteceu no espaço aéreo do aeroporto da cidade de Palm Springs, Califórnia; objetivo é que entregas durem 30 minutos

A Amazon, através do seu programa Amazon Prime Air, realizou nos Estados Unidos a primeira entrega feito com o uso de um drone. A entrega aconteceu durante o MARS 2017, conferência anual da Amazon, em Palm Springs, Califórnia.

O objetivo da Amazon com o uso de drones para entregas é que elas sejam feitas no máximo em 30 minutos 

O voo aconteceu no espaço aéreo do aeroporto da cidade californiana. Embora já planejada, a entrega foi efetuada sem ninguém pilotar o drone, que desceu do céu e entregou uma caixa com protetores solares. Segundo a companhia, a entrega desta segunda-feira foi conduzida com a assistência da FAA, agência de aviação americana.

O objetivo da Amazon com o uso de drones para entregas é que elas sejam feitas no máximo em 30 minutos. A tecnologia ainda em teste e enfrenta entraves regulatórios, nomeadamente nos EUA, que podem atrasar os planos da Amazon. O uso comercial de drones é proibido em território americano e a empresa já se queixou que o sistema regulatório do país é muito lento para se adaptar a modelos inovadores.

No ano passado, a Amazon comemorou a primeira entrega comercial de um pacote no Reino Unido, onde as regras para teste com os veículos autônomos aéreos são mais flexíveis. O primeiro produto a ser transportado ao consumidor pelos ares foi um Amazon Fire TV, um aparelho da própria empresa que transforma televisores em TVs inteligentes, e um saquinho de pipoca, em 7 de dezembro. O autor do pedido foi Richard B., morador de Cambridgeshire, na Inglaterra. O voo durou 13 minutos.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.