Gestão

Gerenciamento de banco de dados ainda não é prioridade para gestores, diz estudo

Levantamento aponta que 87% dos tomadores de decisão norte-americanos tentam reduzir os custos com a modernização da infraestrutura de TI com upgrades de hardware

Os tomadores de decisão norte-americanos no mercado de Tecnologia da Informação tentam reduzir a pesada carga de gerenciamento de suas bases de dados. Muitos deles, inclusive, já olham para além das soluções convencionais disponíveis no mercado. É o que indica a pesquisa realizada pela IDG Research, em parceria com a TmaxSoft e a IBM, no final de 2016.

35% dos entrevistados estão em fase de avaliação ou implementação de alternativas aos bancos de dados corporativos disponíveis no mercado

Segundo o estudo, realizado pela IDG Research em parceria com a TmaxSoft e a IBM, 87% dos tomadores de decisão norte-americanos tentam reduzir os custos com esse gerenciamento de bancos de dados com abordagens diferentes como a modernização da infraestrutura de TI – com upgrades de hardware.

Além disso, 35% dos entrevistados estão em fase de avaliação ou implementação de alternativas aos bancos de dados corporativos disponíveis no mercado.  De acordo com Joshua Yulish, CEO global da TmaxSoft, muitos CIOs e outros gestores de TI focam, agora, seus esforços em frentes como a transformação digital, cloud computing, análise preditiva e Internet das Coisas.

“É neste contexto que a pesada carga de gestão da maioria das bases de dados convencionais se tornou uma grande preocupação. A necessidade de navegar em complexos termos de licenciamento, estruturas de precificação complicadas e tecnologias legadas de muitas dessas soluções demanda muito tempo e investimento. Tudo isso acaba fazendo com que os times de TI não se atentem ao principal: a inovação. Por isso, não é surpresa que 1 em cada 3 tomadores de decisão estejam em busca de opções além das que são padrão de bancos de dados”, completa.

“Existem muitas oportunidades de inovação para os players do mercado de banco de dados. Isso é o que buscamos com o Tibero para IBM Linux on Power – ao oferecer a cloud pronta, no esquema de tudo em uma única solução para cargas de trabalho complexas, com flexibilidade e licenças transparentes”, explica Yulish.

De acordo com o executivo, o mercado de banco de dados das empresas está próximo de um momento de disrupção. . “Temos todos os principais fatores que influenciam esse setor – pessoas encarregadas com essa questão que, com o tempo, tornaram-se complacentes, clientes presos a soluções caras ou lentas e um momento da tecnologia totalmente dinâmico, que altera as prioridades dos clientes e as possibilidades técnicas dos produtos”, pontua.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.