Artigos

O Admirável (e promissor) Mundo Novo

Deposit

Fomos convidados pela Infor Channel para escrever esse artigo, o que nos deixou muito satisfeitos. Para a ABRADISTI é sempre relevante ocupar um espaço na mídia para divulgar suas opiniões e perspectivas sobre o mercado de tecnologia da informação, principalmente sob a ótica da distribuição.

Navegando pela Internet li uma análise do Gartner que identificava as 10 principais tendências do mundo de tecnologia da informação, que irão alterar a maneira como usamos tecnologia e a forma como faremos negócios daqui para a frente.

Achei interessante compartilhar essa visão com os distribuidores e seus canais, já que, em maior ou menor grau, essas tendências terão impacto imediato em suas estratégias de negócio e na forma como atendem seus clientes. E, quais são essas tendências?

1. A Inteligência Artificial (AI) e o Aprendizado Avançado das Maquinas (ALM) , incluindo a aprendizagem profunda, as redes neurais e o processamento de linguagem natural. Essas tecnologias irão criar sistemas que compreendam, aprendam, prevejam, se adaptem e possam operar autonomamente.

2. Os Apps inteligentes como as Assistentes Pessoais Virtuais (VPA) tipo SIRI, CORTANA e ALEXA têm o potencial de transformar a natureza do trabalho, tornando as tarefas diárias mais fáceis e mais eficientes.

3. As Coisas Inteligentes como Drones, Veículos Autônomos e Aparelhos Inteligentes, vão migrar para um modelo de coisas inteligentes colaborativas, para oferecer comportamentos avançados e interação mais natural com o ambiente e as pessoas.

4. A Realidade Virtual (VR) e a Realidade Aumentada (AR) irão transformar dramaticamente a maneira como as pessoas interagem uns com os outros e com os sistemas de software. Precisaremos estar preparados para a hiper-personalização de aplicativos e para os serviços relevantes em vários dispositivos móveis, dispositivos vestíveis (wearables), internet das coisas e nos ambientes ricos em sensores.

5. Gêmeos digitais (Digital Twins), que são os modelos de software dinâmico, conectando uma coisa física ou sistema, usando dados de sensores para melhorar proativamente as operações. Podemos esperar centenas de milhões de coisas conectadas dentro de três a cinco anos.

6. A cadeia de Blocos (Blockchain) é um tipo de “Livro Razão Contábil Distribuído”, em que as transações de troca de valor (por exemplo, os bitcoins) são agrupadas seqüencialmente em blocos. Atualmente o grande “barulho mercadológico” sobre os BlockChains é em torno do setor de serviços financeiros, porém existem muitas aplicações possíveis, incluindo distribuição de música, verificação de identidade, registro de títulos e cadeia de suprimentos.

7. Os Sistemas conversacionais (ChatBots). Pense em robôs de bate-papo e dispositivos habilitados para microfones. Irão ultrapassar os computadores desktop tradicionais para abranger toda a gama de pontos de extremidade ou contato com os quais os seres humanos podem interagir.

8. A Malha Digital Inteligente ou MASA (do inglês Mesh App and Service Architecture) permitirá que as pessoas que usam aplicativos tenham uma solução otimizada para os pontos de extremidade ou contato (por exemplo smartphones, automóveis, desktops) A MASA é uma arquitetura de soluções multicanal que aproveita computação em nuvem, contêineres e microserviços, assim como APIs e eventos para fornecer soluções modulares, flexíveis e dinâmicas.

9. Plataformas de Tecnologia Digital (Digital Technology Plattforms) fornecem os blocos básicos que permitem negócios digitais. Cada organização terá uma mistura de cinco Plataformas de Tecnologia Digital : Sistemas de Informação, Experiência do Cliente, Analiticos e Inteligência de Negócios, IoT e Ecossistemas de Negócios.

10. Arquitetura de Segurança Adaptável (Adaptive Security Architecture). A Malha Digital Inteligente e as Plataformas de Tecnologia Digital e as Arquiteturas de Aplicativos criam um mundo cada vez mais complexo para a segurança. Isso significa que além de evitar que pessoas entrem, a segurança deverá ser adaptativa e incorporada ao design dos sistemas.

*Mariano Gordinho é Diretor Executivo da ABRADISTI – Associação Brasileira dos Distribuidores de Produtos de Tecnologia da Informação

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.